Pão com bolinho do Baroneza é um dos concorrentes  | Foto: Divulgação
Veja onde ficam os bares participantes do Festival do Pão Com Bolinho

Quarenta e três estabelecimentos apresentam suas versões do tradicional lanche curitibano

Por Bernardo Vasques, Gabriel Witiuk, Pedro Freitas e Wesley Fernando

Curitiba recebeu, dos dias 10 a 29 de março, a 4ª edição do Festival do Pão com Bolinho, organizado pelo site Curitiba Honesta. O festival contou com 43 restaurantes participantes e todos os pratos serão servidos pelo preço único de R$ 9,90.

A ideia de realizar o festival surgiu quando o editor do Curitiba Honesta, Sérgio Medeiros, percebeu que poderia receber retorno financeiro com o site e ainda popularizar os diversos tipos de restaurantes participantes. Medeiros coloca que o objetivo principal é valorizar a comida simples de bar, mostrando que é possível encontrar pratos bons e tradicionais a um preço acessível. Desta forma, o pão com bolinho se encaixa perfeitamente nas ambições do festival.

Fred Duba, gerente do bar Casa da Mãe Joana, um dos participantes, aponta que o festival foi um sucesso de público e renda em seu estabelecimento. O movimento do bar cresceu muito, e, mesmo com algumas pequenas dificuldades no atendimento devido à grande demanda, o feedback recebido foi ótimo e já existem planos para futuros festivais.

O festival contou com diversas receitas do pão com bolinho. Era possível encontrar bolinhos feitos desde costela bovina e linguiça até opções vegetarianas como bolinho de grão de bico. Uma proposta inovadora foi a do Allez Allez Café, que serviu um bolinho feito à base de pernil suíno e costelinha defumada com molho de cerveja artesanal. O proprietário do café, Victor Dossi, conta que a receita já era algo presente em seu cardápio na forma de hambúrguer, mas o bolinho feito com estes ingredientes fez ainda mais sucesso.

“Fizemos testes com molhos até de café, mas percebemos que a cerveja era a combinação perfeita para a carne. O resultado foram os mais de mil pães com bolinho vendidos”, relata.

Além da repercussão positiva entre os restaurantes, o festival teve grande êxito entre clientes. O advogado Alberto Queiroz conta que experimentou pratos de três restaurantes diferentes, o Bar Canabenta e os restaurantes Alfenhaus e Helmet Pub, sendo o último o que mais o agradou. Ele acrescenta que é um grande fã de festivais gastronômicos e pretende continuar prestigiando.

“Tanto pão com bolinho quanto outros festivais como o de caipirinha e o Comida di Boteco são festivais excelentes, os  produtos são sempre de qualidade e o preço costuma ser acessível. Vale a pena conhecer”, coloca.

Fechado para comentários.