Salão de beleza atrai muitos curiosos no Centro de Curitiba
As novas estruturas de contêiner

Estrutura inovadora é opção para comerciantes que procuram gastar menos

Por Gustavo Lavorato

Salão de beleza atrai muitos curiosos no Centro de Curitiba

Salão de beleza atrai muitos curiosos no Centro de Curitiba | Foto: Rafaela Oliveira

Como qualquer metrópole, Curitiba é conhecida por seus grandes prédios e construções arquitetônicas modernas e atuais. Com o passar dos anos, os imóveis na cidade ficaram cada vez mais caros. Abrir um estabelecimento em um bairro de grande movimento na capital paranaense pode sair bastante inacessível. Por isso, muitos comerciantes tiveram que criar alternativas para poder abrir as portas de suas lojas. Uma delas é um tanto irreverente. Que tal utilizar um contêiner como estrutura do seu comércio?

Maria Amaral achou esta alternativa interessante. Dona de um terreno há mais de 10 anos, a comerciante não tinha dinheiro para construir a loja de roupas que tanto sonhava. Alugar outro local também não era uma solução, já que o dinheiro gasto seria muito alto. Ao fazer uma pesquisa, conheceu a alternativa do uso de contêiner de transporte marítimo como estrutura.

Depois de meses procurando como comprar e como fazer, Maria finalmente abriu sua loja. Hoje, ela está conquistando seu público aos poucos e diz que a construção um tanto quanto inovadora é um chamariz de clientes. “As pessoas vem aqui para ver e acabam levando alguma coisa. O contêiner saiu melhor do que esperado, porque além de me ajudar a economizar muito, está atraindo os olhares dos curitibanos para minha loja”, disse a comerciante.

Projeto arquitetônico do interior de um estabelecimento com estrutura de contêiner

Projeto arquitetônico do interior de um estabelecimento com estrutura de contêiner | Foto: Rafaela Oliveira

Além da loja de Maria, já existem outras instalação do mesmo estilo na cidade. Porém, não é tão simples quanto parece habitar em um contêiner. A professora de Arquitetura e Urbanismo da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), Marina Marini Mariotto, diz que essa tecnologia tem que ter qualidade.

“Um contêiner ideal para isto tem que ter proteção acústica, proteção térmica, instalações elétricas e hidráulicas, características essenciais em uma casa”, afirmou. A professora ainda enfatiza o fato de que o uso de produtos industrializados em um espaço fechado reduz o tempo gasto em uma construção, e assim, ajuda na sustentabilidade da cidade, já que reutiliza materiais e evita o desperdício.

 

Fechado para comentários.