Batel pode ter novo ponto turístico em rua coberta

Projeto da Vereadora Julieta Reis (DEM) propõe encobrir trecho da Rua Fernando Simas

Luciano Simão

Um novo projeto de lei propõe a criação de uma rua coberta no bairro Batel, ao lado da Praça da Espanha. Trata-se da rua Fernando Simas, mais especificamente o trecho entre as ruas Dr. Carlos de Carvalho e Saldanha Marinho.

O projeto, de autoria da vereadora Julieta Reis, se baseia em exemplos de sucesso como o de Gramado (RS), onde a famosa Avenida Borges de Medeiros atrai milhares de turistas durante o ano todo. O objetivo, para a vereadora, é o de promover o comércio e a atividade cultural na região do Batel Soho, onde há muitos restaurantes e bares que se beneficiariam com o movimento gerado pela obra.

Em Gramado (RS), já existe um complexo parecido (foto de cima), na Av. Borges de Medeiros. O projeto da senadora seria semelhante na Rua

Em Gramado (RS), já existe um complexo parecido (foto de cima). O projeto da vereadora seria semelhante na Rua Fernando Simas Fotos: Google Maps / Luciano Simão

Segundo Julieta Reis, a chuva e o tempo ruim em Curitiba também inspiraram o projeto, que já foi encaminhado para a prefeitura da cidade para avaliação. Em relação a possíveis polêmicas em reação a mais uma proposta de obra no Batel, a vereadora afirma não ter medo delas, enfatizando a importância econômica e cultural do local.

Para Lucas Bordignon, sócio do Café Bordignon (rua Dr. Carlos de Carvalho), a proposta pode até beneficiar, mas não a todo o Batel. O estímulo à economia se restringiria à rua Fernando Simas, já que a obra “tiraria o movimento dos comércios ao redor”, afirma o proprietário.

Obras Polêmicas no Batel

A cobertura da Fernando Simas é apenas a mais recente proposta controversa de novas obras no Batel.

Em 2012, houve a polêmica das calçadas de granito na Avenida Bispo Dom José. Segundo opositores da reforma, o granito custaria mais aos cofres públicos do que o material convencional utilizado na recuperação das calçadas de outros bairros.

Em maio deste ano, cerca de cem pessoas participaram do protesto “Farofada no Granito”. O projeto, implantado por Luciano Ducci (PSB), foi revisto pelo atual prefeito Gustavo Fruet (PDT). Além disso, houve também críticas direcionadas à instalação de 38 bancos de madeira maciça na mesma Avenida.

Equipe: Roberto Rohden; Luciano Simão; Pedro Melo; Vithor Marques.

Fechado para comentários.