O bazar temático proporcionou o encontro de artesãos com trabalho ecológico, o encontro entre amigos e um incetivo ao consumo conciente. Foto: Beatriz Peccin
Bazar beneficente e sustentável reúne artesãos no Bigorrilho

Espalhados entre as diversas feiras pela cidade, eles se reuniram em prol das crianças e da consciência ecológica

Beatriz Peccin

No último sábado (14), ocorreu um bazar temático beneficente e sustentável em uma loja de produtos de decoração no bairro do Bigorrilho. O evento reuniu 16 artesãos que expõem seus trabalhos nas feiras da cidade e angariou fundos para uma instituição de crianças com alimentação vegetariana.

Com a temática celta, o bazar teve exposição de diferentes produtos ecológicos e naturais, além de comidas que seguem o mesmo princípio da sustentabilidade e dança circular – um dos costumes da cultura celta.

O bazar temático proporcionou o encontro de artesãos com trabalho ecológico, além de proporcionar uma reunião entre amigos e um incentivo ao consumo consciente
Foto: Beatriz Peccin

A preocupação com a sustentabilidade veio desde a organização do bazar. “Trabalha-se apenas com artesãos que realmente fazem os seus produtos. Porque hoje a nossa grande dificuldade é competir com os produtos importados da China, já que são baratos e mais fáceis de revender”, diz Daiane, artesã e consumidora dos próprios produtos, as fraldas de pano.

Uma das organizadoras do bazar, Gislaine Mazzeto, afirma que “a montagem não foi difícil. É preciso pensar no todo. Decoração, organização, som, alimentação, divulgação, planejamento com datas, responsabilidade com prazos e parceiros, além, da questão principal: que público se quer atingir. A parte solidária foi a mais importante e também a mais difícil, pois não podia ser injusta com tantas outras instituições que mereciam”.

Muitos dos artesãos já tem como renda alternativa  os produtos que fazem como hobbie. “Comecei a fazer na faculdade. É um hobbie, mas está virando uma renda paralela. Eu participo da feirinha do largo da ordem há 6 anos e por convite da organizadora do bazar eu vim”, conta Thatiana Bueno, que trouxe para o bazar suas bijouterias com acabamento em tecido.

A preocupação com a sustentabilidade não era só da organização do evento e dos artesãos. Os clientes e compradores também estavam em sintonia com o bazar. “Atualmente a sustentabilidade está em foco, e temos que ter esta responsabilidade social, primeiramente visando o meio ambiente, mas pensando também no futuro, no que há de vir acontecer se hoje não valorizarmos e cultivarmos o meio ambiente com respeito e preservação. Acho que a sustentabilidade vai muito mais além, e foi o que eu vi aqui. Fazermos a diferença emtodos os aspectos, tanto ambiental como na iniciativa de um bom e belo artesanato sustentável”, ressaltou Cristiane Tavares, administradora de empresas.

Foram arrecadados 150 kilos em alimentos e mais R$ 130,00 em dinheiro que será revertido em produtos integrais e orgânicos, que seguem a mesma linha sustentável do bar. Foto: Beatriz Peccin

Foram arrecadados 150 kilos em alimentos e mais R$ 130,00 em dinheiro que será revertido em produtos integrais e orgânicos, que seguem a mesma linha sustentável do bazar
Foto: Beatriz Peccin

Bazar Requintado

A ideia surgiu de duas amigas artesãs para divulgar os produtos e o nome da loja. “Aos poucos fomos conversando e a ideia foi ficando cada vez maior. Tivemos algumas dificuldades, pois começamos o projeto com cinco e terminamos em três. Confesso que foi um pouco difícil, pois pensar em um evento para um público tão especifico seria a minha primeira vez. Tivemos algumas situações esporádicas, mas no final sabíamos que daria tudo certo”, apontou Gislaine, uma das organizadoras.

O bazar se transformou em um evento que agradou muitos e já tem fãs esperando uma próxima edição. “O bazar surpreendeu, pois vi peças e produtos desenvolvidos de uma forma muito criativa e útil, um artesanato de bom gosto e com mil e uma utilidades, adorei”, comentou Cristiane.

“Espero que o próximo esteja a altura deste primeiro evento. E estou ansiosa para o próximo, eu adquiri peças neste e  gostei de outras que já tinham sido vendidas, portanto irei mais cedo na próxima vez, para não perder as novidades”, finalizou ela.

1 comentário to “Bazar beneficente e sustentável reúne artesãos no Bigorrilho”
  • Edna ferreira
    18 de setembro de 2013 -

    O Bazar aconteceu na Loja Eco Nativa a qual se propôs desde sua inauguração a promover produtos de decoração que seguem a linha da sustentabilidade. Visite o nosso site http://www.eco-nativa.com para conhecer nossa proposta. Entre em contato caso queira participar do próximo Bazar! Meu nome é Edna e sou a gerente/sócia da loja e meu tel. é 41 8769 8339 !