Crédito: Divulgação
Brasil Motorcycle Show traz Food-Trucks para Curitiba

Evento acontece entre 21 e 23 de novembro, na Expo Renault Barigui

Por  Cecília Tümler

O evento Brasil Motorcycle está em sua segunda edição na capital paranaense, com novas  ideias e invenções sobre rodas. A edição deste ano, que acontecerá entre os dias 21 e 23 de novembro na Expo Renault Barigui, em Curitiba, tem os food trucks como atração principal pela segunda edição Garage Mundo Livre – Edição Brasil A La Carte”.  Esses veículos, que são carros-restaurantes, já são moda em São Paulo e prometem se dispersar pelo Brasil.

O festival já conta com 10 carros-restaurante confirmados. Entre eles o “La Buena Station”, especializado em comida Mexicana e o “Bio Barista Cafés Especiais”, com uma seleção exclusiva de cafés da Fazenda Ambiental Fortaleza. Também estará no evento o “Loz Mendozitos y Una Copa de Vino”, primeiro bar itinerante especializado em vinhos importados, principalmente os Argentinos.

Em relação à ausência de termos legais sobre os Food Trucks, Colares afirma: “Esperamos que os food-trucks venham suprir demandas de grandes eventos, o que eliminaria, entre outros, a necessidade de licença para estacionar na rua e vender”.

SERVIÇO

O evento vai ocorrer nos dias 21, 22 e 23 de novembro no Expo Renault Barigui.  Os ingressos ainda não tem preço definido e não estão à venda. Para mais informações, acesse o site oficial.

Os foods trucks que confirmaram a presença: Bio Barista Buzina Food Truck, Gelataio, La Buena Station, Los Mendozitos, #PartiuTemakis, Rolando Churrinho The Asian Father Food Truck, The Trevelling Family Company.

REGULAMENTAÇÃO

O coordenador da Vigilância Sanitária do Paraná, Paulo Costa Santana, explica que, caso os food trucks tenham crescimento considerável no estado, serão feitas mudanças na questão legislativa por meio da Secretaria de Saúde,via decreto ou lei. Órgãos do meio ambiente e os bombeiros são alguns dos setores dentro do alcance legal deste tipo de comércio. É importante ressaltar que as questões da alçada da Vigilância Sanitária são garantir a segurança e a higiene do alimento para consumo.

De acordo com o coordenador, não haverá nenhuma restrição para os trucks, tanto em termos de comidas quanto bebidas. Por ora a única limitação encontrada para este tipo de vendas é a lei sobre o solo, que determina o comércio em algumas regiões de Curitiba, principalmente no Centro da cidade. “Além de tudo isso, há ainda a questão da legalização do alvará, tendo depois a liberação do meio ambiente e da vigilância sanitária”, esclarece Santana.

Fechado para comentários.