Foto: Rafael Ribeiro / CBF
Brasil perde para a Suíça no primeiro jogo depois da Copa das Confederações

Daniel Alves faz gol contra bizarro e Brasil perde a segunda na Era Felipão

Pedro Melo

Em sua primeira partida após o título da Copa das Confederações, o Brasil não fez uma boa apresentação e acabou derrotada pela Suíça por 1 a 0, em jogo realizado no St.Jakob Park, na Basiléia e perdeu a segunda sob o comando de Luiz Felipe Scolari. O gol da vitória suíça foi marcado por Daniel Alves, contra, de cabeça.

 

Foto: Rafael Ribeiro / CBF

Neymar disputa bola com Behrami, jogador foi bem marcado durante o jogo Foto: Rafael Ribeiro / CBF

Os próximos compromissos dos brasileiros serão no dia 7 de setembro contra a Austrália, em Brasília, e no dia 10 contra Portugal, em Boston. Na segunda era Felipão, a seleção ainda não venceu jogando fora do Brasil, perdendo dois e empatado outros dois.

O técnico Luiz Felipe Scolari fez duas mudanças em relação ao time que ganhou a Copa das Confederações. O zagueiro David Luiz, contundido, foi substituído por Dante e Júlio César, que ainda não definiu onde irá jogar nesta temporada, deu lugar a Jefferson.

A seleção brasileira começou melhor a partida e teve duas oportunidades, porém, Hulk e Oscar perderam. Depois o jogo foi dominado pela Suíça que comandado pelo meia Shaquiri, do Bayern de Munique, que armava as jogadas suíças.

Mas nos minutos finais do primeiro tempo, o Brasil voltou a crescer no jogo e criou suas melhores oportunidades. Primeiro, Paulinho mandou a bola no travessão e logo após, Oscar também perdeu uma ótima chance.

Já no segundo tempo, a seleção comandada pelo alemão Ottmar Hitzfeld conseguiu o seu logo no primeiro ataque. Seferovic cruzou a bola na área e Daniel Alves, sem ninguém ao seu redor, cabeceou e marcou contra.

E pouco tempo depois a Suíça quase marcou o segundo em outra falha da defesa brasileira. Dante recuou mal, Jefferson furou, mas conseguiu se recuperar a tempo de evitar o gol de Seferovic.

Vendo o time ser dominado na segunda etapa, Felipão tentou mudar colocando Maxwell, Jô, Lucas, Hernanes, Jean e Fernando para tentar reverter a situação, mas o Brasil não conseguiu atuar bem no segundo tempo e quando pouco criava, parava na ótima defesa da Suíça.

Logo após a partida, o atacante Neymar afirmou que a seleção sentiu a falta de ritmo e reclamou da quantidade de faltas que sofreu durante a partida. “A Suíça é uma time que dá muita porrada, fica atrás. Difícil enfrentar uma equipe assim. Mas nosso time conseguiu jogar. Estamos voltando de pré-temporada”.

Equipe: Roberto Rohden; Luciano Simão; Pedro Melo;  Vithor Allan Marques

Fechado para comentários.