logo-jpg
Checking Mate verifica dados divulgados nas eleições municipais

Projeto de fact-checking foi realizado por estudantes do 4º período com intuito de conferir o que foi dito pelos candidatos à Prefeitura de Curitiba

Por Isabella Beatriz Fernandes Rocha

No xadrez, o xeque mate simboliza o fim do jogo. O fact-checking é um processo jornalístico pelo qual dados são checados por meio de extensiva pesquisa. O que esses dois conceitos tem em comum? O projeto de fact-checking do curso de jornalismo da PUCPR, o Checking Mate.

Na disciplina de Jornalismo Investigativo e Banco de Dados, os alunos do 4º período analisaram os dados divulgados pelos candidatos à Prefeitura de Curitiba – em seus websites, redes sociais e propostas de governo – desde o início da campanha eleitoral de 2016.

O objetivo foi checar o discurso político com o intuito de averiguar a veracidade desses dados com base em políticas públicas, leis, indicadores, entre outros. As informações foram classificadas em seis categorias. Seguindo a linha do xadrez, optou-se por uma identidade visual relacionada ao jogo, criada pelo estudante Kevin da Silva Cruz, com apoio de Caroline Deina. Cada uma das categorias de informação é identificada por um selo. Cada um dos selos é uma peça diferente:

 

selos-01selos-02selos-03selos-06selos-04selos-05

 

O Rei – Assim como informações verossímeis no discurso político têm um valor imprescindível para a democracia, o rei é a peça mais valiosa do jogo. Seu movimento, de casa em casa, lembra o processo investigativo do Fact Checking, o qual verifica de dado em dado se tudo está correto. Por isso, o monarca representa o Correto – a informação foi comprovada.

A Rainha – Há informações que são verdadeiras mas trazem um toque de exagero, ataques diretos a adversários bem como a fuga do tema. A exagerada quantidade de movimentos que a rainha pode fazer permite o mesmo ataque e fuga, por isso a majestade representa o Correto, mas exagerado – há exagero na afirmação.

O Bispo Se movimentando somente na diagonal e nas casas de mesma cor, o bispo possui um movimento de precisão. Sua estratégia é focada em acertar diretamente o alvo, por isso o inspetor representa o Duvidoso, merece esclarecimento – busca-se confirmação com a fonte ou outras fontes.  

O Peão – Geralmente a peça que inicia o jogo e possui uma morte prematura. Tanto no valor como nos seus movimentos o peão possui um valor mínimo, porém ele pode se tornar a peça decisiva do jogo, não o julgue precipitadamente. Dessa forma, o soldado representa É prematuro afirmar – ainda não há dados suficientes para sustentar a informação.

O Cavalo – Algumas fontes divulgam muitas informações ao público, de vez em quando são tantas que elas até se contradizem. A peça do xadrez com o movimento mais exótico, que parece que vai seguir em linha reta mas vira, é o equino. Por isso ele representa o Contraditório – a afirmação contradiz outra defendida pela mesma fonte ou por outras.

A Torre – Muitas vezes há um bombardeio de informações incorretas ou falsas, e na maioria dessas vezes não se tem clareza disso. A fiel torre é a barreira para proteger dos ataques, por isso a guardiã representa o Incorreto – a informação é comprovadamente incorreta.

 

Confira o que foi verificado

 

O Checking Mate

O nome do projeto e a aplicação da grafia inglesa do xeque mate, tem duplo sentido propositalmente. Ao mesmo tempo que faz referência ao momento do xadrez, em que o rei está cercado, mate significa companheiro, colega. Isso faz dos cerca de 50 alunos envolvidos no projeto, os companheiros de checagem, checking mates, empenhados em possibilitar uma análise crítica e qualificada sobre o processo eleitoral. O projeto teve a supervisão da professora Criselli Montipó e monitoria do estudante Gilmar Montargil.

 

Fact-checking

O primeiro site dedicado ao fact-checking surge em 2003 na Universidade da Pensilvânia nos Estados Unidos, o FactCheck.org. Desde então, jornalistas passaram a produzir abordagens mais críticas dos processos políticos, inicialmente sem pretensão sistemática, evoluindo até o fact-checking que se pratica hoje.

 

Fechado para comentários.