Foto: Adriana Shella
Ciclistas podem traçar rotas a partir da Internet

Ferramenta, porém, ainda precisa de melhorias

Por Angela Gisela Manfrini, Ema Cristina e Patrícia Guaselle

A ferramenta Google Maps lançou, no fim de junho,  a opção de rotas para ciclistas, após mapear ciclovias, faixas exclusivas e trilhas. A funcionalidade, disponível em todas as cidades, localiza-se abaixo do ícone “pedestre” ou “transporte público”, na ferramenta. O Google Maps é um mapa online da Google que pretende facilitar a navegação em estradas, mostrando cursos para pedestres e motoristas, além de fornecer informações sobre o trânsito.

Opção para bicicletas no site do Google Maps

Opção para bicicleta no aplicativo em sistema Android

 

O usuário recebe informações sobre a inclinação do terreno e a duração da pedalada em cada caminho escolhido, ao acessar essa opção, seja pelo site do Google Maps ou pelo aplicativo, disponível para os sistemas iOS e Android. Por meio do site, é possível modificar o trajeto, alterando pontos e considerando desvios que atendam melhor ao ciclista.

A novidade, porém, não supriu as expectativas de alguns ciclistas, com oa engenheira florestal Manú Saboia, 32 anos. Ela relata que o dispositivo não indica a ciclovia que ela usa todos os dias para ir ao trabalho “A rota sugerida pelo (Google) Maps apenas me sugere uns trechos de ciclovia e, depois, me manda para a rua”.

O analista de sistema Claudio Kleber, 35 anos e morador de São Paulo, utiliza a bicicleta frequentemente e conta que teve problemas com a ferramenta. “Usei as rotas propostas e, infelizmente, elas me mandaram pegar a contramão algumas vezes”.

Já a ciclista Andréa Nunes, 28 anos, de Vila Velha, acredita que a ferramenta permite explorar lugares que ainda não são conhecidos. Mesmo assim, ela não descarta a possibilidade de falhas durante o percurso, devido à falta de dados móveis no celular, por exemplo.

A melhoria das rotas é esperada pelos ciclistas. “Essa opção é muito recente. Espero que daqui a pouco melhore”, expressa Francine Welter, 26 anos, recepcionista de Jaraguá do Sul.

Mês da bicicleta promove eventos em Curitiba

Setembro é o mês da bicicleta no Estado do Paraná: a Lei número 17.385/2012 afirma que passará a constar no Calendário Oficial de Eventos do Estado do Paraná, com ações e campanhas que esclareçam e incentivem o uso da bicicleta.

Vários eventos estão sendo realizados no mês para promover o uso sustentável da bicicleta. Em Curitiba, o ponto alto dos acontece no dia 22 de setembro, com a Marcha das Bicicletas. A concentração de ciclistas acontece às 18 horas na Praça Santos Andrade, no Centro.

Para mais informações sobre os eventos, acesse o blog Artebicimobi ou a página do blog no Facebook.

Fechado para comentários.