Conheça empresas que oferecem delivery de frutas

Entrega é feita em domicílios e empresas, para grupos de ao menos dez pessoas.

Por Natalia Filippin e Rúbia Nascimento

Para atender a uma demanda reprimida pelo consumo de frutas, empresários estão apostando em serviço de entrega desses alimentos em pontos residenciais e comerciais, o cham do delivery de frutas. O negócio se destaca pela facilidade de entregar porções de frutas a domicílios, hospitais, universidades e empresas.

O processo de escolha das frutas é feito por uma equipe treinada, a fim de garantir, ao final da seleção, frutas de qualidade. Geralmente, as empresas aceitam apenas mensalistas, em grupos a partir de dez pessoas.

A novidade agradou às pessoas que, com pouco tempo disponível, acabam consumindo muitos alimentos industrializados e calóricos. “Nos finais de semana, eu sinto uma necessidade de comer fruta em casa. Para mim, o serviço de delivery foi algo inovador, porque quem trabalha e tem uma vida corrida acaba comendo outras coisas como coxinha, bolacha recheada e salgadinhos”, diz Ana Beatriz Santana, 37 anos, cliente há um ano do delivery.

Os clientes contam que são atraídos pela facilidade e pela possibilidade de ter uma vida mais saudável. “Além de gostoso, melhora a qualidade de vida da gente”, diz Lúcio Pedro, 29 anos, que aderiu ao delivery há dois meses.

Empresários lucram

Quem apostou no segmento está lucrando, como Paulo Cesar de Oliveira, 23 anos, que é dono de um delivery de frutas em São José dos Pinhais. “Minha meta é expandir a empresa para atender mais pessoas”, conta.

Cada unidade com 50g ou 100g de frutas, que vem embalada em sacos plásticos ou potes, custa R$ 3,50.  “Temos todo um processo até a entrega ao consumidor, mas a busca pela qualidade é constante, desde a origem do produto até o tempo de transporte”.

Nutrólogo alerta para cuidados

O nutrólogo Mussi George Khalil afirma que o serviço também é uma jogada de marketing, pois oferece um produto natural em pequena porção por um preço alto. “Apesar de ser cômodo, o consumidor deve observar atentamente de onde a empresa recebe a matéria-prima, onde são higienizadas e como são transportadas essas frutas”. O especialista diz que, caso o transporte não seja bem feito, há risco de a própria embalagem contaminar o produto. Além de que, se o alimento não for bem refrigerado, pode perder nutrientes no caminho.

“O consumo de frutas é uma solução prática, efetiva e de baixo custo para melhorar o ambiente de trabalho, produtividade e desempenho mental, mas acredito que compensa mais que cada pessoa compre sua fruta fresca, em um local de confiança e leve para seu trabalho”, acrescenta o médico.

 

Empresas que oferecem serviço de delivery 

 

Fechado para comentários.