Copa Curitiba
Curitiba na Copa do Mundo

Cidade irá receber pela segunda vez o Mundial

Por Pedro Melo

Curitiba está prestes a receber a sua segunda Copa do Mundo. Em 1950, quando o Mundial também foi realizado, a capital paranaense recebeu as partidas ao lado de Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Porto Alegre e Belo Horizonte. Já em 2014, está entre as 12 sedes do Mundial, e ainda foi a cidade escolhida pela delegação espanhola para ficar hospedada.

De acordo com Diego Salgado, autor do livro “1950: O Preço de Uma Copa”, o estádio Durival de Britto da Silva era um dos mais modernos da América Latina e como foi inaugurado em 1947, três anos antes da Copa, precisou de poucas reformas. Não foi possível calcular o valor das obras da construção do estádio, pois a maioria do material foi doado.

Estádio Durival de Britto e Silva foi construído três anos antes da Copa | Acervo: Paulo Osni Wendt

Estádio Durival de Britto e Silva foi construído três anos antes da Copa | Acervo: Paulo Osni Wendt

Para a Copa do Mundo de 1950, o estádio em Curitiba foi o único que não necessitou ser modificado e tinha capacidade para 12 mil torcedores. Pacaembu, em São Paulo, Eucalipto, em Porto Alegre, e Ilha do Retiro, em Recife, eram estádios que já estavam construídos, mas foram reformados, e Maracanã, no Rio de Janeiro, e Independência, em Belo Horizonte, foram construídos justamente para o Mundial.

Foram duas partidas em Curitiba: Espanha 3×1 Estados Unidos, no dia 25 de junho de 1950, e Suécia 2×2 Paraguai, no dia 8 de junho. E o professor aposentado, Paulo Osni Wendt, 74 anos, teve a oportunidade de ver a segunda partida e conta toda a sua experiência.

“Meu pai adquiriu ingressos para os dois jogos e me levou em um deles. Nós chegamos lá cedo porque pensamos numa lotação. Mas o primeiro jogo deu perto de 11,5 mil pessoas e o segundo perto de uns 8,5 mil. Foi um grande evento para a época, envolveu a cidade toda. O povo foi e não houve essa implicância de hoje”, declara o professor.

Arena será o estádio de Curitiba na Copa | Foto: Divulgação CAP S/A

Arena será o estádio de Curitiba na Copa | Foto: Divulgação CAP S/A

Já para a Copa de 2014, os jogos serão na Arena da Baixada, reformada justamente para o Mundial. A Arena teve sua capacidade aumentada para 38.533 torcedores, segundo o site da FIFA, e receberá quatro partidas: Irã x Nigéria, dia 16 de junho, Honduras x Equador, dia 20, Austrália x Espanha, dia 23, e Argélia x Russa, dia 28, todos válidos pela primeira fase.

Wendt conseguiu ingressos para três dos quatro jogos em Curitiba e será um dos privilegiados a acompanhar jogos nas duas Copas realizadas no Brasil. “Peguei ingresso na parte de cima [do estádio], inclusive a minha esposa também vai, fiz questão que ela fosse, é uma oportunidade única. A euforia de guri foi grande e a de hoje mais ainda, porque você volta no espaço de 64 anos. Então, você volta a ser guri novamente”.

Fechado para comentários.