down
Curso de Jornalismo da PUCPR produz webinários para o Congresso Brasileiro sobre Síndrome de Down

Os seminários estão na internet para temas relacionados à condição cromossômica

Da redação

O VII Congresso Brasileiro sobre Síndrome de Down que será realizado em Curitiba, entre os dias 15 e 17 de outubro, conta com uma forma diferente de divulgação. São cinco webinários, ou seminários para a web, produzidos pelo curso de Jornalismo e o Laboratório de Comunicação (LabCom) da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR).

O objetivo do material é apresentar informações sobre o tema, esclarecendo dúvidas da população e também dos profissionais que atuam com comunicação. Para os profissionais os seminários na web ainda podem servir como um facilitador. “Os webinários são mais uma forma de disseminar informações sobre a temática e, neste caso, facilitar o trabalho dos jornalistas, já que os profissionais que atuam nos veículos podem utilizar o conteúdo para produção de reportagens, recortar as falas para usar como declarações em suas matérias e até mesmo linkar os vídeos como um extra em suas reportagens”, explica o professor Julius Nunes, coordenador do curso de Jornalismo da PUCPR.

Clica aqui e acesse os webinários.

Além da produção dos audiovisuais, o curso de Jornalismo da PUCPR é um dos responsáveis pela assessoria de imprensa do evento. Para o trabalho foram definidas equipes de apoio, com a supervisão da professora Criselli Montipó. Os estudantes auxiliam na produção dos materiais de divulgação, organização da sala de imprensa no evento, e cobertura online e para divulgação pós-evento.

A programação do VII Congresso Brasileiro sobre Síndrome de Down conta com conferências, palestras, cursos, workshops, oficinas, fóruns, simpósios e debates, além de atividades esportivas, recreativas e culturais. O evento é destinado não só para os profissionais da saúde, como também para as pessoas com Síndrome de Down e seus familiares. Entre os palestrantes, os destaques são Vitor Franco, de Portugal, Ricardo Tadeu, Zan Mustacchi, Izabel Maior, Martinha Clarete Dutra.

 

Novas perspectivas para as pessoas com deficiência

A presidente do Congresso, assistente social Noemia da Silva Cavalheiro, destaca que em qualquer parte do mundo, os deficientes estão sujeitos às piores condições de saúde, aos níveis mais baixos de escolaridade, a salários menores e a taxas de pobreza mais elevada. “Isso se deve ao fato de que as pessoas com deficiência enfrentam muitas dificuldades para obter acesso aos serviços que – pensamos nós – devem ser garantidos a todos, tais como saúde, educação, emprego, transporte. Nas comunidades mais carentes tais dificuldades são mais exacerbadas”, comenta.

Para ela, é urgente ampliar as perspectivas de desenvolvimento das pessoas com deficiência. “Devemos, por um lado, capacitá-las, e, por outro, remover as barreiras que as impedem de participar de atividades em sua comunidade, de ter acesso a uma educação de qualidade, de encontrar um bom trabalho e de expressarem seus direitos e serem ouvidas. Esse é o propósito do VII Congresso Brasileiro sobre Síndrome de Down, cujo programa tem a finalidade de instrumentalizar as pessoas com síndrome de Down, bem como seus familiares e profissionais da área, para reivindicarem o cumprimento e a implementação da Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, em vigor desde maio de 2008”, ressalta.

A presidente da Comissão Organizadora, advogada Marlene Dias de Carvalho, que preside a Associação Reviver Down, também evidencia que o IIV Congresso Brasileiro de Síndrome de Down é um evento muito importante para os pais e para as pessoas com síndrome de Down, bem como para os profissionais ligados ao tema, quer ser seja da área médica, educação, jurídica e do mundo do trabalho e ainda por ser um momento que proporciona troca de experiências. “A minha expectativa é que tenhamos um congresso muito rico de novos conhecimentos, com a máxima divulgação para que a sociedade se conscientize que existe um número bastante grande de pessoas com deficiência intelectual e juntamente com seus pais e familiares,  clamam por direitos iguais, por cidadania e inclusão sem discriminação”, declara.

Serviço:

O VII Congresso Brasileiro sobre Síndrome de Down será realizado entre os dias 15 e 17 de outubro na ExpoUnimed, em Curitiba.

As inscrições podem ser feitas pelo site: http://down2015.com.br/site/inscricoes/

Fechado para comentários.