Dia mundial da fotografia

19 de agosto é o Dia Mundial da Fotografia. A data foi escolhida porque neste dia, em 1939, a fotografia foi anunciada e apresentada ao mundo

Gabriel Massaneiro

Ao longo da história há vários relatos de pessoas que utilizavam câmeras obscuras (uma caixa escura com um pequeno orifício para entrada de luz) para reproduzir imagens. Mas só em 1839, a técnica foi aperfeiçoada por Louis Daguerre e anunciada pelo governo francês como um “presente grátis ao mundo”.

O professor de fotografia da PUCPR, Fabio Muniz, contou que descobriu a fotografia quando tinha apenas catorze anos de idade: “fui acampar na serra e peguei a câmera escondido da minha irmã. Fiquei fascinado pela natureza e pelo resultado das fotos”, destaca.

Apesar de lecionar a disciplina Fotojornalismo, Muniz revela que sua paixão é por retratos.  “Gosto de trabalhar com a lente teleobjetiva, assim posso fotografar as pessoas enquanto elas não me vêem. Quando alguém está posando, ela deixa de ser ela”, diz.

Com os recursos que disponibilizamos hoje, qualquer um consegue fotografar.  Para o professor, essa popularização da fotografia não é algo ruim, mas como ela acontece, a cultura visual deveria ser melhor estudada e explorada desde o Ensino Médio. Muniz ainda conta que com a falta de tempo deixou de lado alguns projetos. “Quero retomar trabalhos autorais de retrato e de comunidades indígenas que já trabalho a algum tempo”.

A dica que Fabio Muniz deixa para este Dia da Fotografia é começar a fotografar sem a câmera. “Treinar o olhar e observar belas situações são o que te tornam um bom fotógrafo”, conclui.

Como Henri Cartier Bresson, um dos melhores fotógrafos do século XX disse: “fotografar, é colocar na mesma linha de mira, a cabeça, o olho e o coração”.

Fechado para comentários.