Especial Seleções – Brasil

BRA

BRASIL

Continente: América do Sul

Capital: Brasília

População: 197,8 milhões

Nº participação em Copas: 18

Melhor participação: 1958, 1962, 1970, 1994, 2002 (campeão)

Expectativa para a Copa: pelo menos semi final

Ranking da FIFA: 3º

O Brasil é sede da Copa do Mundo pela segunda vez em sua história. A seleção canarinho tenta o hexa para apagar a amarga derrota no primeiro Mundial disputado em casa, no ano de 1950, quando foi perdeu para o Uruguai, na final, em um Maracanã abarrotado com quase 200 mil pessoas. Após quatro anos conturbados, derrota nas Olimpíadas de Londres e uma troca na presidência da CBF – em 2012 Ricardo Teixeira renunciou ao cargo após 23 anos no comando e foi substituído por seu vice, José Maria Marin – Felipão foi chamado às pressas para assumir a vaga de técnico no lugar de Mano Menezes, e com pouco mais de um ano no comando voltou a dar esperanças para a torcida brasileira.

País do futebol

O favoritismo natural e inevitável aumentou com a conquista da Copa das Confederações 2013, após uma final contra a Espanha, atual campeã do mundo. Mas a tarefa não é fácil. Com jogadores jovens e sem experiência em Copas, o Brasil aposta em sua “cascuda” comissão técnica, encabeçada pelo treinador Luiz Felipe Scolari (treinador do penta em 2002), e por Carlos Alberto Parreira (treinador do tetra em 1994), como coordenador técnico.

Sem disputar as eliminatórias por ser país-sede, o Brasil perdeu sua força, ficou em baixa no cenário mundial e teve problemas na caminhada rumo ao Mundial. Antes da Copa das Confederações, o Brasil não conseguiu vencer nenhuma seleção de expressão, e a qualidade da nova geração de jogadores foi posta em xeque.  Mas depois que Felipão assumiu as coisas mudaram. Há quem diga que foi um tempo natural de amadurecimento dos jogadores, outros de que o ex-treinador Mano Menezes não estava pronto para tamanha pressão. O fato é que a amarelinha encorpou e teremos novamente a “família Felipão”, já conhecida pelo título do penta.

No gol, o contestado Júlio César, que falhou na eliminação do Brasil na Copa de 2010, é o escolhido como titular. A zaga é um dos pontos fortes de nosso time, com Thiago Silva e David Luiz. No meio campo, Felipão vem escalando um volante de contenção, Luiz Gustavo, para dar liberdade aos laterais ofensivos, Dani Alves e Marcelo. Oscar é o homem da criação, sendo uma grata surpresa do futebol brasileiro nos últimos anos. Com gols, Fred venceu a disputa pela camisa 9 e terá a missão de ser o centroavante.

Neymar Junior, o camisa 10 da seleção canarinho. (Divulgação CBF/Rafael Ribeiro)

Neymar Junior, o camisa 10 da seleção canarinho. (Divulgação CBF/Rafael Ribeiro)

O craque: Neymar

A seleção foi montada em cima dele. É para ele que o time joga, e o técnico da seleção já deixou isso claro, inclusive em suas declarações. É o jogador diferente, com ginga, malícia e estilo irreverente, marcante do nosso futebol.  Evoluiu muito desde que entrou na seleção, e já tomou conta do time. Em sua primeira Copa, tem a missão de comandar dentro de campo o Brasil rumo ao hexa, com apenas 22 anos.

 

 

Luiz Felipe Scolari, o comandante da seleção (Foto: Pedro Melo)

Luiz Felipe Scolari, o comandante da seleção (Foto: Pedro Melo)

 

O comandante: Luiz Felipe Scolari

Seleção é com ele. Assumiu a seleção em situação parecida em 2001. Com muitas críticas e desconfianças, ele venceu o mundial no Japão e na Coréia, e saiu logo depois. Disputou outra Copa do Mundo, dessa vez pela seleção de Portugal, em 2006. Terminou em quarto lugar, resultado muito festejado pelos portugueses. Depois se aventurou pela Europa, com passagens pelo Chelsea (ING) e pelo desconhecido Bunyodkor, do Uzbequistão. Treinando clubes brasileiros, tem em seu currículo duas Libertadores da América, duas Copas do Brasil e um Campeonato Brasileiro entre os títulos mais notórios. Seu último clube antes de assumir o Brasil foi o Palmeiras.

 

Jogador vem entrando bem nos jogos da seleção (Divulgação/Site Oficial do Chelsea)

Jogador vem entrando bem nos jogos da seleção
(Divulgação/Site Oficial do Chelsea)

Fique de olho: Willian

Foi um dos últimos jogadores a integrar o elenco. E logo que entrou agradou e não saiu mais. Transferiu-se para o Chelsea (ING) no ano passado, e virou titular do time inglês. Pode ser uma das surpresas desta Copa do Mundo, já que é uma boa opção de velocidade que Felipão tem no banco de reservas.

 

 

 

 

 

Os convocados

Goleiros: Julio César (Toronto FC-CAN), Jefferson (Botafogo-BRA) e Victor (Atlético Mineiro-BRA).

Defensores: Thiago Silva (Paris Saint-Germain-FRA), David Luiz (Chelsea-ING), Dante (Bayern de Munique-ALE), Henrique (Napoli-ITA), Daniel Alves (Barcelona-ESP), Maicon (Roma-ITA), Marcelo (Real Madrid-ESP) e Maxwell (Paris Saint-Germain-FRA).

Meias: Luiz Gustavo (Wolfsburg-ALE), Paulinho (Tottenham-ING), Ramires (Chelsea-ING), Fernandinho (Manchester City-ING), Hernanes (Inter de Milão-ITA), Oscar (Chelsea-ING) e Willian (Chelsea-ING).

Atacantes: Hulk (Zenit-RUS), Bernard (Shakhtar Donetsk-UCR), Fred (Fluminense-BRA), Jô (Atlético Mineiro-BRA) e Neymar (Barcelona-ESP).

Uniformes: Brasil uniformes

Confira o caminho do Brasil, aqui!

Fechado para comentários.