Especial Seleções – Chile

CHICHILE
Continente:
América do Sul

Capital: Santiago

População: 17,4 milhões

Número de participação em Copas: 8

Melhor participação: 1962 (3º lugar)

Status: Possível surpresa para as oitavas

Posição no ranking da FIFA: 14º

 

Nas Eliminatórias da América do Sul, os chilenos ficaram na terceira colocação, com 28 pontos conquistados em 16 partidas disputadas, atrás somente de Argentina e Colômbia. Caso a seleção chilena passe para as oitavas de final, já será considerado um grande resultado. Isso pelo azar que o Chile teve de cair no Grupo B, ao lado da Austrália e dos dois finalistas da última Copa do Mundo, nada mais nada menos que Espanha e Holanda. É na Toca da Raposa, em Belo Horizonte, que a seleção chilena decidiu treinar. Tem seu primeiro confronto contra os australianos na Arena Pantanal, no dia 13.

Zebra?

O Chile é, sem dúvidas, o principal azarão e também a principal atração da fase de grupos. Isso porque terá que superar a Fúria ou a Laranja Mecânica. Uma lição nada fácil, mas não impossível.

E as expectativas da equipe comandada por Jorge Sampaoli são boas pelas boas atuações e pelo bom futebol que La Roja tem apresentado. O treinador tem um estilo ousado, que gosta de montar equipes rápidas e ofensivas.

E foi isso que o argentino Sampaoli pôs em prática com os chilenos, principalmente por contar com jogadores muito interessantes. A dupla de ataque, formada por Vargas e Sánchez, tem muita condição física e ajudam na pressão da saída de bola do adversário, uma característica que o Chile apresenta desde os tempos em que Bielsa era o técnico.

 

CHILE

Arturo Vidal (Divulgação/Site oficial da Seleção do Chile)

O craque: Arturo Vidal

Revelado no Colo-Colo em 2006, o jogador já teve sua transferência ao Bayer Leverkusen na temporada seguinte. Ficou por dois anos na Alemanha, até acertar sua ida para a Juventus, onde já virou um dos ídolos da torcida pelo bom futebol.

Porém, com um grande nível técnico, Vidal é muito versátil, com a capacidade de defender e atacar muito bem. Na seleção chilena, foi o artilheiro das Eliminatórias com 5 gols ao lado de Vargas. Entretanto, o meia luta para estar na Copa do Mundo. Recentemente, operou o joelho direito e está processo de recuperação para defender seu país.

 

Alexis Sanchez (Divulgação/Site oficial do Barcelona)

Alexis Sanchez (Divulgação/Site oficial do Barcelona)

Fique de olho: Alexis Sánchez

Reserva no Barcelona, Sánchez atua melhor com a camisa de seu país do que no clube catalão principalmente por se sentir mais a vontade. Enquanto no clube tem ao lado diversas estrelas, no grupo tem muitos holofotes para ele. Reúne muita qualidade técnica, condição física e sabe fazer gols, sendo o principal atacante da equipe.

 

Os convocados

Goleiros: Claudio Bravo (Real Sociedad), Johnny Herrera (Universidad de Chile), Cristopher Toselli (Universidad Católica).

Defensores: Gary Medel (Cardiff City), Gonzalo Jara (Nottingham Forest), Eugenio Mena (Santos), José Rojas (Universidad de Chile), Mauricio Isla (Juventus), Miiko Albornoz (Malmo).

Meias: Jean Beausejour (Wigan), Carlos Carmona (Atalanta), Marcelo Díaz (Basel), Charles Aránguiz (Internacional), Jorge Valdívia (Palmeiras) e Arturo Vidal (Juventus), Francisco Silva (Osasuna), Felipe Gutiérrez (Twente) e José Pedro Fuezalida (Colo Colo);

Atacantes: Mauricio Pinilla (Cagliari), Eduardo Vargas (Valencia), Alexis Sánchez (Barcelona), Fabián Orellana (Celta) e Esteban Paredes (Colo Colo).

Uniformes:

10351764_537443213027708_7083379729062095403_n

Confira o caminho do Chile, aqui!

Fechado para comentários.