Especial Seleções – Costa do Marfim

CIVCOSTA DO MARFIM

Continente: África

Capital: Abidjan

População: 20 milhões

Nº participação em Copas: 3

Melhor participação: Apenas primeira fase

Expectativa para a Copa: Briga pelo segundo lugar do grupo

Ranking da Fifa: 23º

Liderados por Didier Drogba e Yaya Toure, os Elefantes chegam a sua terceira participação seguida em copas, mas dessa vez com mais otimismo, pois o sorteio havia colocado a seleção em grupos com gigantes mundiais. Agora com adversários menos difíceis, a expectativa de passar para a segunda fase é maior entre os marfinenses.

O fim de uma geração

A geração de ouro da seleção da Costa do Marfim está chegando ao fim. Jogadores que fizeram história classificando os Elefantes para a Copa do Mundo e pararam uma guerra civil no país. Atletas como Boubacar, Toure, Tiené, Eboue (fora da Copa), Boka, Zokora, Tioté, Yaya Toure, Romaric, Koné, Kalou e Drogba já passaram dos 30 anos, e a maioria deve se aposentar da seleção até 2018.

Além de ser a última Copa do time de ouro, também é a última chance do conjunto brilhar, já que em dez anos de trabalhos, a laranja mecânica africana não ganhou nenhum título, batendo na trave por duas vezes na Copa Africana e não conseguindo passar da primeira fase na Copa do Mundo.

COSTA DO MARFIM

Didier Drogba (Divulgação/Site oficial da Costa do Marfim)

Super-herói nacional, Drogba chega, provavelmente, para a sua última copa, já que em 2018 terá 40 anos. O atacante do Galatasaray chega com a missão de conduzir a sua seleção pela primeira vez nas oitavas da Copa. The Drog é fundamental para os Elefantes, pois como em todas as seleções africanas, o nome renomeado no ataque faz toda a diferença. Ao contrário dos outros craques africanos, Didier é auxiliado no time por Yaya Toure, que é considerado o melhor volante do mundo na atualidade.

Yaya ToureFique de olho: Gervinho

Talentoso meia-atacante, que vem crescendo de produção.

Convocados

Goleiros: Boubacar Barry (Lokeren); Sylvain Gbohouo (Sewe San Pedro); Sayouba Mandé (Stabaek); Badra Ali Sangare (ASEC Mimosas).

Defensores: Serge Aurier (Toulouse); Benjamin Angoua (Valenciennes); Brice Dja Djedje (Marseille); Jean-Daniel Akpa-Akpro (Toulouse); Didier Zokora (Trabzonspor); Kolo Touré (Liverpool); Souleman Bamba (Trabzonspor); Arthur Boka (Stuttgart); Constant Djakpa (Eintracht Frankfurt); Ousmane Viera (Rizespor)

Meio-campistas: Cheik Tioté (Newcastle); Serey Die (Basel); Ismael Diomande (Saint-Etienne); Didier Ya Konan (Hannover); Yaya Touré (Manchester City); Max Gradel (Saint-Etienne); Mathis Bolly (Fortuna Dusseldorf)

Atacantes: Didier Drogba (Galatasaray); Wilfried Bony (Swansea) ; Gervinho (Roma); Salomon Kalou (Lille); Lacina Traore (Everton); Giovanni Sio (Basel); Seydou Doumbia (CSKA Moscou)

Uniformes:

10444567_537443229694373_9181060652012489481_n

Confira o caminho da Costa do Marfim, aqui!

Fechado para comentários.