IMG-20151005-WA0009
Espetáculo com personagens de Dalton Trevisan volta aos palcos

O Beijo na Nuca está em cartaz até o final de outubro

Por Ana Luiza Moraes

A peça “O Beijo na Nuca”, em cartaz no Teatro Novelas Curitibanas, no bairro São Francisco, até 25 de outubro, explora as personagens mais fortes do contista curitibano Dalton Trevisan e trabalha com três principais vertentes: emocional, policial e sexual. A entrada é gratuita e a classificação indicada é 16 anos. Confira aqui mais seis espetáculos gratuitos em Curitiba.

A escolha dos contos interpretados foi feita pelos próprios atores, pois o diretor João Luiz Fiani deu liberdade para que os artistas selecionassem aqueles com que tivessem mais identificação e vontade de trabalhar. Um dos contos de destaque é o Lulu a Louca, um travesti que invade banheiros públicos em busca de aventuras sexuais.

O ator Marcyo Luz conta que escolheu interpretar a personagem Lulu a Louca, pois já tinha sido representada por ele na peça “O Vampiro Contra Curitiba”, e, também, teve um curta-metragem cuja história foi sobre a Lulu e somente teve a autorização para ser rodado quando a exigência do Dalton Trevisan foi cumprida, de que Luz a interpretasse. Como é característico na obra de Dalton Trevisan, os personagens estão envoltos em tramas do cotidiano, porém que ainda são tabus e marginalizados pela sociedade, como prostituição, drogas, assassinatos, estupro, aborto.

“São assuntos sobre os quais nós não falamos abertamente, porque constrange. Temos essa tendência; socialmente camuflamos muita coisa.  Por isso, as reações do público são diversas, tem gente que ri, acha graça, alguns entendem de primeira, já outros voltam um a segunda vez”, comenta o diretor musical e ator, Marcyo Luz.

Serviço

As apresentações são de quinta-feira a domingo, às 20h. O Teatro Novelas Curitibanas fica na rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1222, no Centro de Curitiba.

Ficha técnica

Elenco: Alisson Diniz, Ingrid Bossa, Daniel Marcondes, Marcyo Luz, Mel Maia, Nicole Taques, Fernanda Bahl, David Moura

Autor: Dalton Trevisan

Diretor: João Luiz Fiani

Diretora de produção: Thamis Barreto

Direção musical: Marcyo Luz e Mel Maia

Figurinista: Thamis Barreto

Iluminação: Beto Bruel e João Luiz Fiani

Sonoplastia: Jader Alves

Cenógrafo e cenotécnico: Leopoldo Baldessar

Projeção: Thati Morais e David Moura

Operador de iluminação: Renato Jachinoski

Operador de som: Thati Morais

Contrarregra: Genésio Sutil

Fechado para comentários.