Exposição de bicicletas traz à tona sentimentos do passado

Shopping São José traz exposição com cerca de 16 bicicletas para a cidade

Por Lara Fonte-Bôa

O Shopping São José, localizado na cidade de São José dos Pinhais, apresenta uma exposição sobre bicicletas que vai do dia 15 de setembro até o dia 28 de setembro. Com o nome “2ª melhor invenção do homem” ela tem como objetivo divulgar a bicicleta como meio de transporte ambientalmente correto e uma alternativa saudável de locomoção além de ressaltar sua tradição cultural. Há expostas bicicletas de bambu, dobráveis, bike bibliotecas, montain bike, antigas, e até mesmo protótipos futurísticos. O acervo possui cerca de 16 exemplares diferentes. Todos eles estão acompanhados de um placar contando um pouco sua história e sua data de criação. “Interessante, nós vemos as bicicletas que aprendemos a andar” o pai de família Vagner Elessandro Souza Leite de 32 anos, afirma ao passear com a esposa e seus dois filhos pela exposição. Rosane Guergolet de 38 anos lembrou com carinho as bicicletas que ela e o irmão andavam quando eram crianças e Dometila Brugge, de 51 anos, acrescenta que: “Com certeza, as pessoas podem usar a bicicleta para trabalhar”.

Origem da bicicleta

A bicicleta não possui muito uma origem específica, mas segundo estudos, foi criada em 1791, pelo Conde francês J.H. De Civrac, e recebeu o nome de “Celerífero”. Esse primeiro protótipo da bicicleta não possuía pedal. Por volta de 1838, o ferreiro escocês, Kirkpatrick Mac Millan, criou um sistema de acoplamento que funcionava como uma alavanca, o pedal primitivo. Em 1860, Pierre Michaux, profissional da forja e do ferro, criou o pedal que foi revolucionário e que expandiu o comércio da bicicleta na Europa. Criou a primeira fábrica de bicicletas do mundo a “Biciclos Michaux”.

Funções da bicicleta

Existem bicicletas para competições como a “montain bike”; existem dobráveis, para facilitar sua locomoção; existem adaptáveis para serem usadas como biblioteca móvel ou para transporte de carga; entre outras.

Bicicletas no Brasil

Não há uma data certa da chegada das bicicletas no país, mas provavelmente foi entre 1850 e 1870 na capital da época (RJ). Essa era a região que mais possuía pessoas com recurso financeiro suficiente para ir à Europa e trazer as bicicletas. Seguida de São Paulo e Santa Catarina por ordem de imigração e econômica.

Modalidades do “Montain Bike”

Cross-country ou XCO – prova disputada em estradas de terra com excessos de subidas e descidas com 30 a 40 km de percurso. Trip Trail ou Maratona- tem como característica a longa distancia a ser percorrida que pode durar de dias a três dias e seu ponto de partida pode não ser o mesmo que o ponto de chegada. Downhill ou DH – basicamente é uma prova realizada em descidas. Algumas vezes possui retas no trajeto. É realizada individualmente e a avaliação é feita através do tempo percorrido. Uphill – possui as mesmas características da “downhill”, mas é realizada apenas em subidas. 4X – é um aprova onde quatro competidores descem simultaneamente um terreno inclinado.  Hoje possui bastante divulgação pela mídia televisiva. Freeride – uma variação do “downhill” só que mais associada ao lazer. É realizada em terrenos variados além de adquirir passagem em obstáculos. Trial – nessa prova, o competidor deve pular obstáculos. Ele começa com uma pontuação que vai caindo conforme coloca o pé no chão (qualquer um dos pés ou ambos). Cicloturismo – não possui uma competição. Seu objetivo é apenas viajar de bicicleta com o intuito de explorar cidades novas e regiões diferentes ao redor do mundo.

Fechado para comentários.