FanFest last day 1
Final da Copa do Mundo dividiu o público na Fan Fest de Curitiba

A maioria dos torcedores que estiveram presentes na Pedreira ficaram queriam o Brasil na final, mas mesmo assim demonstraram simpatia e apoio as seleções finalistas

Gabriela Giannini, Jhonny Castro e Rodrigo Sigmura 

Dia 13 de julho de 2014. Data em que se viu a Alemanha se tornar tetracampeã do mundo no Brasil. Após 32 dias, 32 seleções, 64 jogos, 171 gols e cerca de 600 mil torcedores que vieram de mais de 180 países para colorir os estádios, ruas e Fan Fests das cidades sedes, o capitão Philipp Lahm levantou a taça mais desejada do futebol. Os alemães apresentaram um futebol consistente ao longo de toda competição, sendo elencado como o melhor ataque da Copa. Porém, apenas um gol conta à Argentina, o do atacante Mario Götze, aos 7 minutos do segundo tempo da prorrogação, garantiu o título à equipe alemã no Maracanã.

Alguns argentinos que foram ao local ficaram apreensivos com o andamento da partida | Foto: Rodrigo Sigmura

Alguns argentinos que foram ao local ficaram apreensivos com o andamento da partida | Foto: Rodrigo Sigmura

Em campo, um jogo bastante equilibrado, com boas oportunidades de decidir o jogo para as duas seleções. Higuaín perdeu um gol incrível no primeiro tempo, e Schürrle mandou um chute forte para bela defesa de Romero ainda no primeiro tempo. Na torcida presente na FIFA Fan Fest de Curitiba, era possível ver os reflexos desse equilíbrio. Nicholas Walch é alemão e veio a Curitiba apenas para acompanhar a Copa. O torcedor destacou o potencial do time alemão. “Não se tem ídolos individuais ou alguém que pega a bola e quer ser o herói. Eles trabalham juntos e juntos eles vencem”, enfatiza. Já Juan Lorenzo veio da Argentina com certeza de vitória: “A Argentina será a campeã do mundo! Eu vim para cá para erguer a taça em território brasileiro”.

Os alemães também não conseguiam disfarçar o nervosismo | Foto: Rodrigo Sigmura

Os alemães também não conseguiam disfarçar o nervosismo | Foto: Rodrigo Sigmura

A eterna rivalidade com os hermanos não impediu que vários dos brasileiros presentes, torcedores da eliminada seleção canarinho, vibrassem pela Argentina. Foi o caso do torcedor Wilson Ribeiro Neto, que constatou os motivos de sua preferência.  “Primeiro o 7×1 que eu ainda não consegui engolir da Alemanha. E segundo porque um time europeu levar na América do Sul uma Copa do Mundo é feio”. Contudo, no final, a maior parte do público vibrou pelo título alemão.

Como em todos os outros dias em que esteve aberta, a Fan Fest de Curitiba recebeu um excelente público | Foto: Rodrigo Sigmura

Como em todos os outros dias em que esteve aberta, a Fan Fest de Curitiba recebeu um excelente público | Foto: Rodrigo Sigmura

A FIFA Fan Fest de Curitiba contou com a participação de mais de 110 mil pessoas e 100 artistas nacionais, dentre grupos de folclore, dança, teatro, humoristas e bandas. Alguns dos que se apresentaram foram Erasmo Carlos e Jota Quest, e uma atração internacional, com o grupo de dança argelino Freekland. Outra atração que se destacou no evento foi o telão de 88 metros quadrados que transmitiu ao vivo os jogos da Copa nos 25 dias de jogos em que o local esteve aberto.

Fechado para comentários.