IMG-20170617-WA0029
Jornalismo da PUCPR festeja prêmios no Intercom Sul

Curso venceu sete categorias no Expocom, em Caxias do Sul

Por Natalia Filippin

O curso de Jornalismo da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) deu um show no XVIII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul – Intercom, que ocorreu entre os dias 15 e 17 de junho de 2017, na Universidade de Caxias do Sul (UCS), em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul.

O congresso contou com apresentações de pesquisas derivadas de projetos de iniciação científica, de trabalhos de conclusão de curso (TCC) e de discussões temáticas (DT’s) e o curso de Jornalismo da PUCPR conquistou sete prêmios na Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação (Expocom). Entre os dias 04 e 09 de setembro, os estudantes defenderão novamente seus trabalhos no Intercom Nacional, que ocorrerá na Universidade Positivo, em Curitiba.

O coordenador do curso de Jornalismo da PUCPR, Julius Nunes, ressaltou a importância do evento e a alegria em aumentar em mais de 100% o número de trabalhos vitoriosos, já que no ano passado, o evento ocorreu na PUCPR e o curso de Jornalismo conquistou três prêmios. “O curso de Jornalismo e a PUC estão muito felizes com as conquistas dos estudantes neste Intercom. Creditamos estas conquistas aos alunos, professores e técnicos bastante engajados no processo de ensino-aprendizagem, que vislumbra a formação completa e o sucesso dos estudantes. Agora o que queremos é manter essa tradição que coloca a PUCPR como uma das instituições mais premiadas do Intercom Sul”.

Para a estudante do 7º período Louise Fiala Schmitt, que recebeu o prêmio com o trabalho: ‘Problemas na linha de ônibus da Alferis Poli’, na categoria Reportagem em Radiojornalimo, o Intercom 2017 foi um evento que ela guardará para sempre na memória. “Esse foi meu primeiro Intercom e não podia ter sido melhor! Tudo foi incrível, desde a viagem e os amigos feitos até o momento em que recebi o prêmio. Foi extremamente emocionante, pois a energia estava linda lá em cima, enquanto comemorávamos os prêmios dos amigos. Foi demais, pude conhecer pessoas incríveis e me diverti muito!”.

Já o estudante Rodrigo Yoshio Siguimura, aluno do 7º período, premiado pelo programa laboratorial de TV: ‘Caixa de Ideias’, conta que ganhar prêmios incentiva cada vez mais na produção de novos trabalhos. “A faculdade é para isso: aprender, tentar e experimentar. Foi muito bacana a gente ter sido reconhecido neste evento, pois o Caixa de Ideias foi uma aposta, um produto totalmente inovador, interativo e ao vivo. Foram dias muito proveitosos em Caxias do Sul. Os temas das mesas estavam muito legais pela relevância e qualidade dos trabalhos, e a organização do Intercom foi incrível!”.

Para a vencedora da categoria Game com o trabalho: ‘Que tipo de Jornalista você é’, Leticia Garib Machado, estudante do 4º período, “o Intercom é um evento maravilhoso, no qual temos a oportunidade de valorizar nossos trabalhos e conhecer o que estão produzindo por aí. Participar já é incrível e ganhar, então, nem se fala! Foi uma honra representar a minha universidade e o meu curso. E, além de tudo, trazer o primeiro prêmio na categoria Games para cá!”.

Bruno Felipe Previdi Sant’Ana, estudante do 2º período, venceu na modalidade de Produção Laboratorial em Audiojornalismo e Radiojornalismo, representando o Radiojornal Comunicare. “O Intercom foi incrível. Viajar com o pessoal da PUCPR me rendeu ótimas experiências e vários cases para contar para o resto da vida. Além disso, a cidade de Caxias do Sul nos recebeu de forma muito carinhosa. Só tenho a agradecer pela oportunidade de poder participar do Intercom. Representar o Radiojornal Comunicare e toda a nossa equipe, e ainda trazer um troféu para casa me faz ter a certeza de que estou no lugar certo. Posso dizer que amo ainda mais o Jornalismo e a Pontifícia. E agora, que venha a fase nacional!”.

Patrícia Martyres, jornalista e ex-aluna da PUCPR, ganhou o prêmio na categoria Produção em Jornalismo Literário, com a reportagem: ‘Aos que atiram a primeira pedra’. “Ter contato com produções de outras universidades e regiões é uma troca enriquecedora. Fico feliz de ter meu trabalho reconhecido diante de tantas apresentações interessantes”, conta.

A jornalista e ex-aluna da PUCPR, Isabella Santos Lanave, premiada pelo documentário: ‘Sob Terras Vermelhas’, conta que ao exibir o documentário em um dos lugares onde o mesmo foi filmado, em Quedas do Iguaçu, não recebeu palmas. Mas olhares de pessoas que vivem injustiças, aquelas que apareceram na tela, todos os dias. “Ainda há muito pelo que lutar, ainda há muito a ser feito. E se de alguma forma a gente pode contribuir, para além do nosso ego, seja para que mais pessoas possam conhecer essas histórias, ou que os próprios protagonistas tenham força de continuar na resistência, então eu agradeço e fico feliz com esse prêmio”.

 

  • Premiados da PUCPR – Expocom:

 

JORNALISMO

Sob Terras Vermelhas – Isabella Santos Lanave.

Caixa de Ideias – Rodrigo Yoshio Siguimura.

Que tipo de Jornalista você é – Leticia Garib Machado.

Greenwood Comunicação Sustentável – Caroline Cristine C. Paulart Stori.

Radiojornal Comunicare – Bruno Felipe Previdi Sant’Ana.

Problemas na linha de ônibus da Alferis Poli – Louise Fiala Schmitt.

Aos que atiram a primeira pedra – Patricia dos Martyres.

RELAÇÕES PÚBLICAS

Bureau de RP: Um Laboratório de Aprendizagem – Ana Claudia Martins.

Revista RP em Foco – Flavia Ede Mattos Marques.

 

  • Trabalhos da PUCPR apresentados no INTERCOM JR:

 

– As políticas públicas de acesso e permanência no Ensino Superior: os desafios do bolsista Prouni ao longo da graduação da PUCPR – Thais da Silva Costelli.

– Formação do Relacionamento Superior como uma Capacidade Dinâmica da organização: Um Estudo Exploratório na FIEP – Juliana Cândido Custodio.

– A reestruturação da comunicação do Cursinho Solidário – ONG Formação Solidária – Elias Gonçalves Bonfim.

– Processo de Decisão de Compra, Motivações e Atitudes no Mercado – Eliane Cristine Francisco Maffezzolli e Eliane Vieira de Carvalho Gariani.

– Estratégia de eventos no contexto universitário – um estudo de caso: Intercom Sul 2016 – Francieli Mognon e Flavia Ede Mattos Marques.

– Mídia, substantivo feminino: um estudo comparativo sobre a representação das mulheres nos portais Gazeta do Povo e La Vanguardia – Criselli Maria e Taís Coutinho Arruda.

– O jornalismo cidadão na rede: um estudo sobre o “Você no G1” editoria colaborativa do portal de notícias G1 Paraná – Natalia Filippin.

– O Transtorno Bipolar na perspectiva da Mídia: uma análise do Paraná no Ar – Criselli Maria Montipó e Bruna Martins Oliveira.

– Potencial de conhecimento gerado pelo jornalismo: um estudo sobre a cognição jornalística e a redução de complexidade em matérias dos portais BBC e El País Brasil – Roberto Godefroid, jornalista e ex-aluno da PUCPR.

– As políticas públicas de acesso e permanência no Ensino Superior: os desafios do bolsista Prouni ao longo da graduação da PUCPR – Thais da Silva Costelli.

– O Facebook Como Ferramenta Para o Exercício da Cidadania no Contexto do “Fora, Temer!” – Mariana Pabis Balan.

– Análise da influência da mídia YouTube e da mensagem publicitária sobre as atitudes do consumidor frente ao anúncio e a marca – Eliane Cristine Francisco Maffezzolli e Eduardo Giovanni da Fonseca Domingues.

– Publicidade voltada ao Público Infantil nos Anos 80/90 – Seus Impactos e Evoluções dos Controles no Brasil – Marcos José Zablonsky e Natally Navarro Encinas Ferreira.

 

  • Conquistas recentes da PUCPR

 

Sangue Novo – O curso de Jornalismo da PUCPR foi o grande vencedor do 21º Sangue Novo, principal prêmio do jornalismo universitário do Estado. O curso conquistou 18 prêmios no total, sendo sete primeiros lugares, entre eles melhor Rádio Laboratorial e melhor Jornal Laboratório Impresso; sete segundos e quatro terceiros.

Lorenzo Natali – O prêmio de Jornalismo Lorenzo Natali homenageia jornalistas cujas reportagens demonstram comprometimento com o desenvolvimento social e a erradicação da pobreza. Neste ano, os jornalistas e ex-alunos da PUCPR Alan Silva, Fabrício Calixto, Fernanda Maldonado, Jonatan Lavor e Patricia dos Martyres conquistaram o prêmio com a reportagem ‘Trabalho Invisível’, que trata de trabalho escravo no interior do Paraná. A premiação ocorreu em cerimônia no fórum European Development Days (EDD), organizado pela Comissão Europeia, em Bruxelas, na Bélgica.

O coordenador do curso de Jornalismo da PUCPR, Julius Nunes, conclui dizendo que todas as vitórias só foram possíveis pelo comprometimento com a qualidade e a verdade. “Agradeço a todos os envolvidos por comprar os nossos projetos e desenvolver da melhor forma as atividades que são propostas para a formação de um jornalista ético, criativo, tecnológico e que tenha conhecimento multidisciplinar”.

 

  • Confira a galeria de fotos da premiação do Expocom:

 

 

Fechado para comentários.