Radar campeão de multas no cruzamento da Linha Verde com a rua Wescelau Braz, próximo ao viaduto Marechal Floriano, perto do Shopping Cidade.
Linha Verde é região campeã de multas em Curitiba

Radar com mais infrações aplicou mais de 5 mil multas entre janeiro e agosto

Por Jaqueline Dubas, Kátia Oliveira e Yngrid Camargo

O radar que aplica o maior número de multas em Curitiba fica no  cruzamento da Linha Verde com a avenida Presidente Wenceslau Braz, no bairro Parolin, próximo ao viaduto da Marechal Floriano Peixoto, conforme levantamento da  Setran (Secretária Municipal de Trânsito). Na região da Linha Verde,  a 400m  desse  radar, fica outro equipamento, que é o quarto com mais registros de motoristas infratores.

O radar campeão registrou, entre janeiro e agosto deste ano, 5.193 autuações de veículos que fizeram conversão proibida na Wenceslau Braz à esquerda, para entrar na Linha Verde. A conversão vetada acarreta trânsito lento e risco de acidentes. A multa é gravíssima, custa R$ 127,69 e implica perda de cinco pontos na carteira de habilitação.

Radar campeão de multas no cruzamento da linha verde com a rua Wescelau Braz

No radar líder em multas, placas informam a proibição da conversão à esquerda. Além disso, outra placa mostra como executar o retorno para a Linha Verde. De acordo com os agentes de trânsito da Setran, os erros cometidos pelos motoristas não são por falta de sinalização, mas por vontade de ganhar tempo e entrar direto na Linha Verde, ao invés de fazer o retorno.

Para a pedestre  Janaina da Luz Cordeiro, que trabalha em um comércio da região, não foi surpresa o fato de o  radar localizado na avenida Presidente Wenceslau Braz ser o  recordista em multa. “Eu chego pela manhã aqui no trabalho e venho caminhando pela Linha Verde. Esse trecho é um transtorno. Sempre observo carros na contramão, avanço de sinal, por isso sempre a Setran está por aqui”.

O quarto colocado no ranking de multas também fica na região do Parolin, no cruzamento da Linha Verde com a rua Anne Frank.  O motivo é o mesmo: conversão proibida à esquerda.

Quarto radar com mais registros de multas também na região da linha verde

Radares que aplicam mais multas

O ranking disponibilizado pela Setran cita os cinco radares que mais autuam os infratores. O segundo colocado fica na avenida Mário Tourinho, com 4.398 autuações, devido ao fato de os veículos transitarem com velocidade superior à permitida, próximo ao acesso ao Parque Barigui. O radar foi instalado em janeiro deste ano, para trazer mais segurança aos pedestres, e já é o vice-líder entre os que mais flagram motoristas que circulam com uma velocidade acima do permitido, de 60km/h.

O terceiro da lista está situado em um dos trechos que dá acesso à região sul de Curitiba, a rua Octávio Saldanha Mazza, chamada também de via rápida no sentido Pinheirinho, que tem saída para a rodovia Régis Bittencourt (BR-116). O medidor de velocidade dessa via registrou 4.391 autuações devido à velocidade acima do limite permitido,  também de 60 km/h.

O quinto colocado é o radar fixado na rua João Gava, no bairro Abranches, em frente à Opera de Arame, onde  foram flagrados 3.723 veículos acima do limite de velocidade, de 40 km/h.

Conheça os radares campeões de multas

Ranking  Local Multas/erro Valor da multa / penalidade na carteira
1 Cruzamento da Linha Verde com a Av. Pres. Wenceslau Braz 5.193 / conversão proibida para a esquerda Grave- 5 pontos + 127,69
2 Av. Mário Tourinho 4.398 / velocidade superior à permitida A multa depende da porcentagem ultrapassada
3 Rua Octávio Saldanha Mazza 4.391 / velocidade superior à permitida A multa depende da porcentagem ultrapassada
4 Cruzamento da Linha Verde com a Rua Anne Frank 4.117/ conversão proibida Grave- 5 pontos + 127,69
5 Rua João Gava 3.723/ velocidade superior à permitida A multa depende da porcentagem ultrapassada

*Os dados da tabela foram fornecidos pela Assessoria de Imprensa do Setran. 

 


Educação no trânsito deve ser prioridade

Para a instrutora de trânsito na área educacional Maria Soares,  bons motoristas são formados a partir de exemplos vistos em casa e na escola.  Outra opção para conscientização no trânsito, é o trabalho efetivo com palestras em autoescolas, focando principalmente nos jovens futuros condutores.

A instrutora também ressalta que o radar tem um cunho educativo, pois,  se o motorista errou uma vez e recebeu a multa, na próxima ele já não comete o mesmo deslize.  “O trânsito sempre é bem sinalizado e as leis devem ser obedecidas. Logo, é dever de cada um fazer um trânsito melhor e respeitar o que as placas indicam, a multa é uma consequência do erro do motorista”.

Fechado para comentários.