Mudanças climáticas interferem na saúde

Mudanças repentinas no tempo causam danos à saúde da população

Caroline Paulart

Mudanças climáticas repentinas podem ser maléficas para a saúde da população de Curitiba. Dentro do grupo mais propenso às doenças estão as crianças pequenas, idosos e gestantes e os casos mais comuns são os problemas respiratórios.

Uma das marcas registradas da capital paranaense é a instabilidade nas temperaturas. O maior problema surge quando essas mudanças atingem a saúde da população. Segundo o médico otorrinolaringologista Celso Vidolin, doenças ligadas às condições climáticas podem se manifestar de diversas formas, tanto em climas frios como quentes. “A sensibilidade às condições atmosféricas pode manifestar-se de várias maneiras: dores de cabeça, cansaço e até distúrbios do humor como irritabilidade e depressão”, conta.

Instabilidade nas temperaturas podem causar doenças que vão de problemas respiratórios à depressão (Foto: Caroline Paulart)

Instabilidade nas temperaturas podem causar doenças que vão de problemas respiratórios à depressão (Foto: Caroline Paulart)

Na maioria das vezes, as doenças recorrentes nessas ocasiões estão ligadas a infecções bacterianas ou virais, doenças alérgicas como rinite e sinusite, além das clássicas doenças respiratórias, como gripes e resfriados. “Doenças alérgicas como rinite e bronquite normalmente se agravam nas variações climáticas. Infecções virais ou bacterianas têm propensão a se desenvolverem nas vias respiratórias em um indivíduo alérgico, exacerbando as crises e desencadeando infecções em brônquios e pulmões. Além de doenças respiratórias como gripes, resfriados, bronquites e pneumonias”, explica Vidolin.

No grupo de pessoas mais vulneráveis às doenças causadas pelas mudanças climáticas estão idosos, gestantes, soros positivos (que possuem o vírus da AIDS), portadores de doenças auto-imunes (Lúpus, Esclerose Sistêmica) e crianças pequenas. A mãe da pequena Júlia, quatro anos, Patrícia Vaz conta que sua filha apresenta dores de garganta ou sintomas de resfriados quando o tempo muda com repentinamente. “Quando o tempo muda é quase certo que ela vai ficar doentinha. Logo começam as reclamações de cansaço, tosse seca, dorzinha de garganta. Na pior das hipóteses há febre. Então corremos para o pediatra”, diz.

Muitas vezes, doenças causadas por mudanças climáticas repentinas levam crianças à consultas em pediatras (Foto: Caroline Paulart)

Muitas vezes, doenças causadas por mudanças climáticas repentinas levam crianças à consultas em pediatras (Foto: Caroline Paulart)

O médico explica ainda como são manifestadas as doenças quando o tempo está seco, caracterizados pelo desenvolvimento da gripe, ou úmido, quando há mais casos de resfriados. “Um clima muito seco pode ocasionar secura das mucosas respiratórias, e esta alteração poderá propiciar a instalação de germes, além do desconforto intenso com ardência e prurido”, explica.

A saúde começa na alimentação

Alimentos saudáveis, ricos em nutrientes é uma ótima maneira de se evitar doenças (Foto: Caroline Paulart)

Alimentos saudáveis, ricos em nutrientes é uma ótima maneira de se evitar doenças (Foto: Caroline Paulart)

 A melhor alternativa para prevenir qualquer tipo de doença é a manutenção de hábitos saudáveis. O médico conta que tanto a ingestão de alimentos nutritivos quanto a realização de atividades físicas com regularidade, contribuem para a manutenção de uma boa imunidade, essencial para se prevenir das doenças causadas por mudanças bruscas no tempo. “É preciso ter hábitos alimentares mais saudáveis, como uma alimentação rica em nutrientes, frutas e verduras são excelentes fontes de vitaminas. Não se esquecer de uma boa hidratação e atividade física regular. Essas medidas devem ser tomadas para manter a resistência natural do organismo”, alerta.

Equipe: Bruna Martins, Caroline Paulart e Gilberto Stori Junior

Fechado para comentários.