Relembre músicas que marcaram gerações

Confira artistas que mais fizeram sucesso em cada época

Por Giully Regina e Natalia Filippin 

 

Embora o modo de ouvir música tenha se transformado radicalmente nos últimos anos – dos discos de vinil aos serviços de streaming, as canções seguem marcando cada geração.

Confira, abaixo, uma seleção feita pelo Portal Comunicare com duas músicas que ficaram na memória de quem viveu cada década desde 1980. Você pode deixar sua opinião sobre nossa lista no campo de comentários.

 

ANOS 80

A década de 1980 no Brasil foi marcada pelo fim da ditadura militar, que durou 21 anos (1964-1985). Os jovens que cresceram em plena ditadura presenciaram o processo de redemocratização do país, e as músicas nacionais foram um novo meio de manifestação artística, um grito pela liberdade de expressão. Bianor de França tinha 18 anos em 1985 e lembra de ouvir no rádio bandas como Legião Urbana, Titãs e Paralamas do Sucesso.

Geração coca-cola – Legião Urbana

A Legião Urbana foi uma banda de rock nacional formada nos anos 1980, tendo a formação original com Renato Russo nos vocais, Dado Villa-Lobos na guitarra, Renato Rocha no baixo e Marcelo Bonfá na percussão. A música Geração Coca-Cola faz uma referência direta à ditadura militar,  foi lançada em 1985 e se tornou um dos principais hits da banda.

 

Bon Jovi – You Give  Love a Bad Name 

Bon Jovi é uma banda norte-americana, formada em 1983.  A música  You Give Love a Bad Name está presente no primeiro álbum da banda,  Slippery When Wet, lançado em 1986. A canção fala sobre um romance em que o garoto acaba com o coração partido. Em tradução livre, o nome da música seria “Você dá ao amor uma má reputação”.

 

ANOS 90

A década de 1990 começou com um grande acontecimento musical, que foi a segunda edição do Rock in Rio, em 1991. O festival ocorreu no estádio Maracanã, no Rio de Janeiro e contou com a presença de 700 mil pessoas, em nove dias de shows. Algumas das atrações internacionais foram Prince, RUN DMC, Billy Idol, INXS e Guns ‘n’ Roses. Bandas nacionais também marcaram presença, como Engenheiros do Hawaii, Titãs, Inimigos do Rei, Lobão e Sepultura. Elis Regina da Silva era adolescente no auge dos anos 90 e conta que a década foi marcada pelo rock. “Tocava muita música internacional, de ritmos diferentes, mas bastante rock também”.

Engenheiros do Hawaii – Era um garoto que como eu.. 

Engenheiros do Hawaii, é uma banda  de rock, formada em 1984 em Porto Alegre por Humberto Gessinger no vocal, Carlos Stein na guitarra, Marcelo Pitz no baixo e Carlos Maltz na bateria. A banda alcançou grande popularidade com canções irônicas e críticas. A música Era um garoto que como eu amava os Beatles e os Rolling Stones foi um dos grandes hinos da banda, uma regravação da música da bandas Os Íncriveis, lançada originalmente em 1967, mas com sucesso garantido na voz de Humberto Gessinger.

Guns ‘n’ Roses – November Rain

Guns ‘n’ Roses é uma banda norte-americana formada em 1986. É definida como hard rock, uma vertente mais pesado do rock. Em 1991, eles lançaram o terceiro e quarto álbuns de estúdio simultaneamente, Use Your Ilusion I Use Your Ilusion II. Fazendo muito sucesso como uma das músicas mais longas da banda, com pouco mais de nove minutos, está November Rain (Chuva de Novembro).

 

ANOS 2000

A virada do milênio se destacou pela mudança de ritmos e músicas durante a década. A internet começava a se popularizar. O formato de música MP3  se destacou, deixando os CDs em segundo plano. No ano 2000, Bruna Cristina Kozak era criança, tinha apenas cinco anos de idade, mas se recorda do grande hit da banda Los Hermanos, Anna Júlia. “Eu tinha uma amiga na escola chamada Ana Júlia, e na sala eu e meus outros colegas cantávamos a música pra ela”.

Los Hermanos – Anna Júlia

Los Hermanos é  é uma banda brasileira de rock alternativo formada no Rio de Janeiro em 1997, que mistura rock com MPB. Seu primeiro álbum, chamado simplesmente de Los Hermanos, foi lançado em 1999 e continha o maior sucesso dos músicos. Anna Júlia ficou por muito tempo nas paradas de sucesso do novo milênio.

 

Red Hot Chilli Peppers – Californication

Red Hot Chili Peppers é uma banda de rock formada nos Estados Unidos em 1983. Em 2000, os músicos lançaram o terceiro álbum, Californication, e a canção homônima fez tanto sucesso quanto o álbum. O videoclipe da música também fez muito sucesso, por se tratar de um videogame com os integrantes da banda. 

 

 

ANOS 2010

A partir de 2010, a música toma um caminho diferente. Cantoras pop como Lady Gaga, Adele, Katy Perry e Rihanna marcam a nova era da música. Já o sucesso nas paradas brasileiras ficou por conta do sertanejo, contando com Luan Santana, Gusttavo Lima e Michel Teló. Belmiro de França é tecladista e trabalha no ramo há 28 anos. Segundo ele, o sertanejo atual é diferente do primeiro conceito de sertanejo, em que era apenas executado com um violão ou uma viola. “Hoje em dia, o sertanejo tem guitarra e metais. É uma música muito mais modernizada”.

Adele – Rolling in the Deep

Adele é uma cantora britânic, que alcançou o auge da carreira com o álbum 21, emplacando o single Rolling in the deep. A música fala sobre um um romance que não deu certo em que a garota culpa o ex pelo término. As canções de Adele geralmente falam sobre romances e formas de amor.

 

 

Luan Santana – Amar não é pecado 

Luan Santana lançou seu primeiro álbum, Tô de Cara,  em 2010 e  já disparou nas vendas. Um de seus sucessos do primeiro disco é Amar não é pecado,  que fez parte da trilha sonora da novela global Morde e Assopra, de 2011.

Fechado para comentários.