Nazismo Alemão

No século XX, ocorreu, na Europa, o genocídio em massa do povo judeu em todos os territórios ocupados pela Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial, mais conhecido como Holocausto. Segundo a ideologia nazista, o povo legitimamente alemão era descendente dos arianos e deveriam criar uma supremacia racial composta apenas destes seres “superiores”.

O governo de Adolf Hitler passou então, a pregar o ódio contra aqueles que, supostamente, impediam a pureza racial dentro de seus territórios – no caso, os judeus. Através de um programa de extermínio étnico, de perseguição política, religiosa e sexual estabelecida durante os anos de governo do Estado nazista, liderado por Hitler, cerca de dois terços dos nove milhões de judeus que residiam na Europa foram eliminados.

Durante a Segunda Guerra, foram criados campos de concentração, onde os judeus eram aprisionados e obrigados a trabalhar. Além disso, os ocupantes dos campos viviam em péssimas condições, tinham alimentação controlada, sofriam torturas e eram utilizados como cobaias em experimentos científicos.

Muitas famílias que conseguiram escapar dos campos, encontraram em Curitiba uma forma de recomeço de vida. Só no Paraná, foram levantados cerca de 90 nomes de pessoas que sofreram algum tipo de perseguição, desses, 12 ainda estão vivos.

VOLTE PARA A PÁGINA 2

CONTINUE NA PÁGINA 4

Fechado para comentários.