Coxa não conseguiu presentear os torcedores no dia de seu aniversário 
Foto – Site Oficial do Coritiba
No dia de seu aniversário, Coritiba perde e pode terminar rodada no Z-4

Coxa perdeu por 2 a 1 para o Vitória no dia em que completou 104 anosDaniel Malucelli

O Coritiba foi até Salvador, sábado (12), para enfrentar o Vitória, no estádio do Barradão. A partida foi válida pela 28º rodada do Campeonato Brasileiro, e não terminou com festa para a torcida coxa branca. Isso porque dia 12 de outubro é o aniversário do clube, que este ano completou 104 anos.

Mas a fase não é boa. Sabendo que o adversário seria difícil, o técnico Péricles Chamusca escalou o Coritiba com três volantes. Gil, Junior Urso e Germano. O problema foi que logo no início do jogo, Marquinhos abriu o placar para os baianos. Ele recebeu lançamento alto e bateu forte, a bola ainda passou embaixo das pernas de Vanderlei. Aliás, o atacante foi um dos melhores em campo.

Coxa não conseguiu presentear os torcedores no dia de seu aniversário  Foto – Site Oficial do Coritiba

Coxa não conseguiu presentear os torcedores no dia de seu aniversário
Foto: Divulgação / Site Oficial do Coritiba

Após a pressão inicial, o Coxa conseguiu igualar a partida na posse de bola, e aos poucos o time foi se soltando. Robinho tentou, mas chutou mal. Germano apareceu como homem surpresa e mandou a bola pra longe do gol. Geraldo foi quem deu esperanças ao torcedor. No finzinho da primeira etapa, ele dominou um lançamento feito por Júlio César e fuzilou alto, para marcar um golaço.

Mudança tática definiu o jogo

Com o placar empatado, os dois times voltaram com tudo para o segundo tempo. Mas Ney Franco, treinador do Rubro-Negro colocou o lateral esquerdo Juan (o mesmo que passou por Flamengo, São Paulo e Santos) para jogar no meio campo. A mudança surtiu efeito.

Foi de Juan a jogada que deu o gol e a vitória para os baianos. Ele apareceu no lado direito, entrou na área e cruzou rasteiro. Willian Henrique tentou na primeira, e Vanderlei salvou, mas na segunda chance, Dinei apareceu livre para marcar e definir o placar.

Com o resultado o Coritiba estacionou nos 34 pontos, ficando há quatro do primeiro time na zona de rebaixamento, o Vasco. Com a péssima campanha no segundo turno, todos estão preocupados com o fantasma do Z-4, nos lados do Couto Pereira. O Vitória segue fazendo uma ótima campanha, e chegou aos 40 pontos, seguindo de perto o G-4.

VITÓRIA 2 X 1 CORITIBA

Data:12/10/2013 (sábado)

Local: Barradão, em Salvador (BA)

Trio de arbitragem: Francisco de Assis Almeida Filho (CE), auxiliado por Clovis Amaral da Silva (PE) e Carlos Jorge Titara da Rocha (AL)

Gols:Marquinhos, aos 11min, e Geraldo, aos 45min do primeiro tempo; Dinei, aos 25min do segundo tempo

Cartões amarelos: Kadu e Michel (Vitória); Victor Ferraz e Diogo (Coritiba)

 

VITÓRIA

Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Juan; Michel, Luiz Gustavo (Euller), Cáceres e Renato Cajá (William Henrique); Marquinhos e Dinei (Pedro Oldoni)Técnico: Ney Franco

CORITIBA

Vanderlei; Victor Ferraz, Leandro Almeida, Chico e Diogo; Júnior Urso, Gil, Germano (Lincoln) e Robinho (Bottinelli); Geraldo e Julio César (Bill)Técnico: Péricles Chamusca

Fechado para comentários.