Novo Call of Duty ultrapassa vendas de GTA V no primeiro dia

Por Gabriel Massaneiro

Recentemente, a Activision, produtora da franquia Call od Duty, declarou ter obtido mais de 1 bilhão de dólares com seu novo game da mesma franquia, Call of Duty: Ghosts, quebrando o recorde estabelecido por Grand Theft Auto V. A informação é oficial e vem do porta-voz da empresa, que recusa anunciar o número total de vendas.

Em setembro, o polêmico GTA V quebrou o recorde de vendas de games no lançamento ao atingir a marca de 800 milhões de dólares nas primeiras 24 horas, superando o antigo detentor, Call of Duty: Black Ops 2, que conseguiu “apenas” um pouco mais de 500 milhões de dólares nas 24 horas após o lançamento.

A empresa responsável pela franquia é famosa por guardar rancor e declarou recentemente, logo antes do lançamento de Ghosts, que “queria o recorde de volta”. A franquia de Call of Duty conta com lançamentos anuais e sempre supera a marca estabelecida no ano anterior, fato que vem ocorrendo desde 2009, quando foi lançado o favorito dos fãs, Call of Duty: Modern Warfare 2.

Reprodução

Reprodução

A recepção dos jogadores frente a notícia tem sido cética: muitos acreditam que a Activison está “alterando os fatos”. O número declarado pela Rockstar, produtora de GTA V, compreende apenas a venda em varejo de países em que o game foi lançado no dia 17 de setembro desse ano (isso exclui o Brasil, onde foi lançado dois dias depois). Muitos jogadores supõem que a Activision está anunciando um número que inclui tanto as vendas de varejo, as pré-vendas para consoles de próxima geração e as vendas digitais (em que os games não possui formato físico), apesar da empresa confirmar que os números sejam apenas do varejo. Outro problema com a declaração é que nenhuma quantia exata foi fornecida, apenas que superou a marca de 1 bilhão.

O jogador Nickolas Pereira, de 19 anos, diz ter comprado tanto Ghosts quanto GTA V no dia de lançamento, mas não acredita na informação solta pela Actvision sobre o número de vendas: “Eles sempre vendiam a mais que eles mesmos, estavam sempre no topo. Acho que só por que GTA é melhor eles ficam com inveja e soltam uma informação dessas”.

Na Internet, comentários raivosos são feitos contra a famosa franquia da Activision. O usuário ThePainKiller (nome verdadeiro não revelado) do fórum do portal IGN afirma, por e-mail, o seguinte:  “há alguém postando em vários fóruns dizendo que trabalha na Actvision e que os dados do lucro da empresa com Ghosts são falsos. Eu e muita gente acreditamos que a produtora está sendo desonesta”.

Além da questão da quantia de vendas, a desenvolvedora de Ghosts, Infinity Ward, ainda tem que lidar com o auto plágio. Aparentemente, cenas usadas em dos games anteriores foi reutilizada na criação de Ghosts.

Um representante da Activision no Brasil foi procurado, porém não houve retorno.

Fechado para comentários.