doa_sang_sem69
Novo horário do Hemobanco dificulta doação

Doadores de sangue reclamam da mudança; mapa mostra onde doar em Curitiba

Por Isabela Vera

Um dos principais pontos para doação de sangue em Curitiba, o Hemobanco reduziu o horário de atendimento ao público em abril e está criando dificuldade e insatisfação em quem deseja usar o serviço. O centro, que funciona há mais de 30 anos e entrega sangue a diversos hospitais, só recebe doadores entre 8h a 13h30, de segunda a sábado, coincidindo com o horário comercial de grande parte dos interessados e restringindo o potencial de coleta. Outra queixa se refere ao número limitado de 100 doações por dia.

Doador há cerca de dois anos, o assistente fiscal  Alexandre Amorin,  conta que a ultima doação foi em janeiro, antes da mudança de horários. Depois da alteração, não conseguiu voltar ao Hemobanco, devido ao horário de trabalho, entre 6h e 15h. “O atendimento está limitado em uma faixa de horário em que a grande maioria dos doadores está trabalhando, o que torna bastante difícil realizar a doação. Acredito que isso fará o numero de doações caírem bastante”, diz.

Ele também se queixa da estrutura do local. “O acesso do Hemobanco não é fácil, pois locais de estacionamento são limitados a algumas vagas por tempo determinado. O tempo de espera será maior e as vagas que são controladas estarão sempre sobrecarregadas’’, projeta Amorin.

Bioquímica do Hemobanco, Karla Braga explica que o motivo das mudanças de horário é a diminuição na demanda de sangue transfundido. Como o Hemobanco deixou de atender alguns hospitais, foram  necessárias adequações para evitar desperdício de sangue coletado. “Acreditamos que nada desagrada mais à população do que saber que o sangue doado pode vir a ver descartado, devido ao vencimento. Ou que o sangue cuja doação foi feita de forma generosa e altruísta não ajudou a salvar vidas. Apesar disso, reconhecemos que a diminuição do horário dificulta a doação para alguns doadores’’, diz.

Karla indica uma solução: buscar outros centros de doação, como Instituto Pasquini (Hospital Nossa Senhora das Graças), Hospital de Clinicas e Hemepar, pois estes bancos ficam abertos até mais tarde.

 

Condições

Para ser doador de sangue, é preciso ter, no mínimo, 50 quilos e estar em boas condições de saúde. Só podem doar pessoas entre 18 e 65 anos, que apresentem documento oficial com foto. Além de ajudar a salvar vidas, no Paraná existe uma lei estadual que garante direito á meia-entrada para doadores de sangue devidamente registrados.

 

Onde doar sangue em Curitiba

Atendendo aos requisitos físicos e de saúde, você também pode ser um doador ou doadora. Gostou da ideia? Então confira o endereço dos diferentes hemocentros do país e procure o mais próximo de você:

 

Fechado para comentários.