Paraná ganha e está dentro do G4

Com golaço de Reinaldo, o Paraná bate o Bragantino e agora é 4º

Vithor Marques

Em partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o Paraná venceu o Bragantino por 1 a 0, com um golaço de Reinaldo, aos 26 minutos do primeiro tempo. O Tricolor agora está com 49 pontos, na 4ª colocação. O próximo jogo será daqui a uma semana, na Vila Capanema, contra o ameaçado Atlético Goianiense.

Volante Moacir foi um dos destaques, fechou o meio de campo e saiu bem para o jogo Foto: Divulgação/Site Oficial do Paraná

Volante Moacir foi um dos destaques, fechou o meio de campo e saiu bem para o jogo
Foto: Divulgação/Site Oficial do Paraná

Primeiro tempo razoável

O primeiro tempo foi dominado inteiramente pelo Tricolor. O time paulista veio à Curitiba para, primeiramente, se defender, e chegou a assustar algumas vezes, como na falta cobrada por Léo Jaime na rede por fora, quando já estava 1 a 0 para o Paraná. Aliás, o Tricolor da Vila fez logo no início, mas o árbitro Francisco Carlos do Nascimento anulou, alegando falta no goleiro do Braga.

As jogadas mais agudas do Paraná partiam do volante Moacir. Em ótimo contra-ataque puxado por ele, Kayke parou no goleiro Leandro Santos. Mas, três minutos depois, aos 26, a casa do Bragantino caiu. Reinaldo tocou para Kayke, que devolveu de calcanhar para o atacante, e este bateu colocado no canto para abrir o placar.  A partir do gol, o Tricolor teve mais tranquilidade para trocar passes.

Lúcio Flávio entrou e deu mais cadência

No intervalo de jogo, Dado Cavalcanti tirou Kayke e colocou Lúcio Flávio para dar cadência ao meio-campo paranista e controlar melhor a posse de bola. E conseguiu, já que o jogo se tornou chato e o Bragantino não dava sinais de vida.

A partir dos 25 minutos, o Paraná Clube atacou mais. Moacir chamou para dançar o zagueiro adversário na pequena área, mas Leandro Santos fez uma grande defesa. Dois minutos depois, Lúcio Flávio bateu cruzado e a bola passou raspando a trave. Com as entradas de Brinner e Luizinho, nos lugares de Gilson e Reinaldo, o time fez o que tinha que fazer: deixar o tempo passar e não correr riscos.

Ao final do jogo, o show da torcida foi espetacular. O estádio inteiro cantando “Eu acredito”, dando um voto de confiança aos seus jogadores.

Ficha Técnica

Paraná Clube 1 x 0 Bragantino-SP

Data: 15/10/2013, às 2150

Local: Estádio Durival Britto e Silva (Vila Capanema), em Curitiba/PR

Público pagante: 8.973 | Público total: 9.825 | Renda: R$ 100.675,00

Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)

Cartões amarelos: Paulinho Oliveira, Kayke, Reinaldo, JJ Morales, Lúcio Flávio (PAR); Leandro, Léo Jaime, Gustavo, Magno Cruz, Lincom (BRA).

Gol: Reinaldo (PAR).

Paraná Clube: Luís Carlos; Rodrigo Mann, Edimar, Alex Alves e Paulinho; Gilson (Brinner), Moacir, Paulinho Oliveira e Kayke (Lúcio Flávio); JJ Morales e Reinaldo (Luisinho). Técnico: Dado Cavalcanti.

Bragantino-SP: Leandro; Rafael Andrade, Guilherme e Carlinhos; Robertinho, Serginho, Preto, Magno Cruz (Cesinha), Gustavo (Geovani) e Léo Jaime (Nilson); Lincom. Técnico: Marcelo Veiga.

Equipe: Luciano Simão, Pedro Melo, Roberto Rohden e Vithor Marques.

Fechado para comentários.