Procura por destinos brasileiros aumenta em 2017

Planejamento e auxílio de profissional de turismo ajudam a economizar em viagens

Por Camille Casarini, Évelyn Rodrigues e Helena Sbrissia

2017 é o ano do maior de percentual de intenção de viagem dentro do Brasil nos últimos quatro anos. Cerca de 22% dos brasileiros pretendem viajar no segundo semestre deste ano. Dessa amostragem, um total de 80% escolheu destinos nacionais. É o que revela uma pesquisa feita pela Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem, publicada pelo Ministério do Turismo em setembro.

O Nordeste aparece como região mais requisitada para visita, já que cerca de 50% dos viajantes desejam ir para lá. O Sudeste aparece em segundo lugar com 22% de intenção de viagem. Essas viagens continuam sendo preferencialmente de avião, e, com relação ao ano passado, a busca por esse meio de transporte aumentou em 8%. Em relação a hospedagem, 50% dos brasileiros buscam hotéis e pousadas, e, como segunda opção, 36% optam por ficar em casas de amigos e familiares.

O ministro do turismo, Marx Beltrão, afirma para a Agência de Notícias do Turismo que neste ano 60 milhões de brasileiros viajam pelo país: “O fortalecimento do turismo doméstico, em suas múltiplos formas – negócios, ecológico, esportivo, cultural, religioso – é um caminho que precisa ser explorado”. Um grande motivo para os próprios brasileiros desejarem conhecer seu país foram as Olimpíadas no ano passado.

O turismo interno promove crescimento econômico importante no país. Segundo o professor de Economia da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Sinival Osório Pitaguari, as viagens dentro do territórios brasileiro trazem benefícios. “Para o Brasil é sempre vantajoso o turismo interno, porque gera empregos para o país”. Ele também diz que quando estrangeiros vêm para o Brasil é ainda melhor, já que trazem divisas ao país.

Viajar de forma econômica em meio a crise

A proprietária a agência de turismo Eduttur Viagens Jussara Espíndola dá algumas dicas para viajar e ainda economizar. Pacotes comprados com antecedência são uma ótima opção e, seja qual for o destino, uma dica importante é viajar fora de temporada, já que essas épocas acabam trazendo maiores custos e despesas.

Buscar auxílio de um profissional da área de turismo também ajuda na economia pois eles são aptos a montar um pacote de viagem dentro do orçamento do cliente, mostrar melhores opções de preços e datas. Jussara também diz: “Diversas pessoas tentam comprar por conta própria os pacotes de viagem pela internet e depois precisam recorrer ao auxílio de profissionais da área de turismo porque não tiveram o suporte necessários e os gastos saíram além do esperado”.

A empresária expõe que é importante estar atento às promoções aéreas, pois passagens compradas em datas próximas ao dia da viagem podem gerar um custo maior. Isso vale também para as reservas de hotéis, pois estes possuem um preço de diária variável, geralmente sujeito à lotação das hospedarias.

Uma dica da publicitária Cinara Ferreira é usar milhas do cartão de crédito na compra de passagens aéreas, pois uma ótima alternativa para um preço mais acessível. Ela comenta que adora viajar e por isso fica sempre atenta às promoções e opta por pacotes fora da alta temporada.

Deixe um comentário