A lenda de Jack O’ Lantern, o rosto esculpido nas abóboras de Halloween

  Este mito irlandês conta a história de Jack o Miserável, que convidou o diabo para tomar uma bebida e não queria pagar a conta. Jack então pediu para o que diabo se transformasse em uma moeda. Tendo-se transformado, Jack pegou a moeda e colocou-a no bolso ao lado de uma cruz de prata, impedindo que o diabo pudesse  voltar a sua forma normal. O Miserável disse que o libertaria sob a condição de não incomodar Jack durante um ano e que, quando morresse, o diabo não guardaria sua alma.

   No ano seguinte, Jack enganou o diabo novamente quando pediu para que ele subisse em uma árvore para pegar algumas frutas. Com o diabo já no topo, Jack entalhou no tronco uma cruz e disse que só o deixaria descer se dessa vez ele prometesse não perturbá-lo por dez anos.

   Pouco tempo depois Jack morreu. Como era uma figura miserável, Deus não permitiu que ele adentrasse o reino sagrado. O diabo cumpriu sua promessa: não ficou com a alma de Jack. Ao invés disso, fez com que ele ficasse vagando eternamente pelo limbo com apenas uma queima de carvão para iluminar seu caminho. Jack colocou a queima dentro de um nabo esculpido para preservar a chama e tem perambulado pera Terra.

Fechado para comentários.