Instrumento de Tortura exposto no museu/ Foto: Divulgação
Exposição traz a Curitiba instrumentos de tortura da Inquisição

Pela primeira vez exposição traz a capital peças utilizadas na época da Idade Média

 

Instrumento de Tortura exposto no museu/ Foto: Divulgação

Instrumento de Tortura exposto no museu/ Foto: Fernando Detoni

Aberta desde o dia 12 de setembro, a exposição trouxe a Curitiba instrumentos do tempo da inquisição, período da Idade Média onde houve grande perseguição política e religiosa.

São cadeiras, criptas, armários, dentre outros utensílios como explica o curador da mostra Giovanni Ginocchi. No total são mais de 50 itens dentre réplicas e instrumentos originais.

É a primeira vez que a mostra percorre o Brasil e Curitiba entrou no calendário da mostra por uma iniciativa da Fundação Cultural de Curitiba.

A exposição vai até o dia 6 desse mês.

 

O Portal Comunicare fez uma entrevista com o curador:

 

PC: Qual o objetivo da exposição

Ginocchi: Estou tentando mostrar para o publico, de uma forma geral, como a humanidade pode ser perversa com seus semelhantes,isso ao longo dos séculos. Espero mostrar que podemos aprender algo com isso.

 

PC: Por que a mostra veio a Curitiba?

Ginocchi: Sempre achamos uma boa ideia vir ao Brasil porque a reação do publico é sempre boa,para todas as exposições.No caso de Curitiba,recebemos um convite da Fundação Cultural e ficamos encantados com a idéia.

PC: Quantos anos em média tem as peças?

Ginocchi: Algumas peças são cópias das originais,devem ter 20 anos.Mas temos originais com mais de 150,250 anos.

 

PC: A exposição vai passar por outras cidades do Brasil?

Ginocchi: Já passou por São Paulo e Rio de Janeiro e depois vamos para Belo Horizonte.

 

PC: Para onde vão as peças depois da exposição no Brasil?

Ginocchi: Elas vão ainda percorrer a América Latina antes de voltar a Europa.

 

Serviço:

 Instrumentos Medievais de Tortura, Período da Inquisição

 Portão Cultural(MuMA): Av.Republica Argentina, 3430, Portão, Curitiba-PR

 Todas Terças, Quartas, Quintas, Sextas, Sábados e Domingos das 10:00 às 19:00 

 Ingresso: R$ 7,50 (meia-entrada)

 Informações: (41) 3329-2801

Fechado para comentários.