Google Maps ajuda usuários do transporte público curitibano. (Foto: Copyright 218 Google Agosto 2011/ Arte: Vitor Cruz)
Google Maps mostra rotas do transporte público em Curitiba

Depois de seis anos de espera os curitibanos agora podem usufruir da ferramenta

Vitor Cruz

Google Maps ajuda usuários do transporte público curitibano
Foto: Copyright 2018 Google / Arte: Vitor Cruz

Desde o dia 13 de junho o Google vem testando o sistema que mostra os itinerários de ônibus da capital paranaense. Ainda em fase de testes, a cidade é a quarta capital brasileira que possui o recurso. Em São Paulo o mapeamento funciona desde 2008, que data o início do projeto.

Para oferecer esse sistema, o Google fechou acordo com a URBS, que afirma não haver investimento público no serviço, já que foi necessário apenas integrar bancos de dados sobre as rotas.

Como Utilizar

O passageiro poderá fazer a busca pelo site do Google Maps ou pelo aplicativo disponível para iPhone e Android. Para procurar seu destino basta digitar endereços ou pontos de referência. No resultado, serão mostradas as opções possíveis no seu caminho, incluindo baldeações e os tipos de ônibus através das cores, como os interbairros em verde. O sistema também estima o tempo de cada trajeto de acordo com o trânsito em tempo real.

Você pode escolher seus trajetos.
Arte: Vitor Cruz

Facilidade

A parceria do Google com a URBS facilita ainda mais a vida dos passageiros quando se trata de informação. Nem todos os pontos de ônibus possuem informativos sobre quais linhas lá passam, muito menos dos horários. Agora, uma checagem no Google Maps antes de sair de casa é suficiente para calcular o tempo certo de sair de casa e dirigir-se ao ponto.

O serviço serve também como facilitador turístico. Cidades que ajudam na autonomia dos visitantes em deslocar de pontos turísticos a outros colaboram com a boa impressão que elas podem repassar a outras pessoas. Afinal, perder-se nas cidades por ausência de informação é uma das principais queixas de turistas em capitais brasileiras.A ideia é que o sistema ajude a atrair mais usuários e facilite o trânsito dos passageiros. Em Belo Horizonte, cidade que também conta com o mapeamento, a BHTrans, órgão responsável pelo transporte público na capital mineira, realizou uma pesquisa que indica que 20% das pessoas que usam meio privado de transporte não se locomove pelo sistema público por falta de informação.

Tempo Real

Recentemente o Google comprou o a desenvolvedora do Waze. O aplicativo colaborativo para celulares captura dados de posicionamento de seus 47 milhões de usuários para formar um mapa com informações, em tempo real, das condições de trânsito. Agora, a base de dados do Waze também está conectada ao Google Maps, atualizando o motorista dos incidentes no caminho.

Fechado para comentários.