img_0055-1
Greca é eleito novo prefeito de Curitiba

Com 53% dos votos, ele venceu Ney Leprevost, que teve 46% dos votos

Por Maria Victória Lima/ Foto: Deborah Neiva

O candidato Rafael Greca (PMN) é o novo prefeito de Curitiba. Neste domingo (30), às 18h16, a contagem dos votos do segundo turno foi encerrada. Mais de um milhão pessoas votou, segundo informações do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR). Os dados da apuração, atualizados em tempo real, estão disponíveis no seguinte link: http://divulga.tse.jus.br/oficial/index.html.

Foram registrados mais de 160 mil votos brancos e nulos; 461 mil para Rafael Greca (PMN) e 405 mil para Ney Leprevost (PSD).

Greca, que terminou o primeiro turno com 38,38% dos votos validos, apostou, para o segundo turno, em mostrar as propostas para a cultura, mobilidade e economia curitibana. Com o slogan “Volta Curitiba”, o urbanista convidou o eleitor para reviver seus projetos e obras realizadas durante o seu mandato de 1993 a 1997. Além disso, focou na experiência, afirmando que ele estava mais preparado para administrar uma cidade por causa do seu passado politico. O resultado disso foi consolidação da liderança durante o segundo turno.

Surpresa para o segundo turno, o candidato Ney Leprevost terminou o primeiro turno com 23,66% dos votos validos. E para segunda etapa valorizou mais suas propostas e o que pretendia fazer ao ser eleito. Mas diferentemente do primeiro turno, devolveu os ataques de seu oponente. Durante a campanha para o segundo turno, focou mais na saúde e na educação; defendeu a “Gestão Inteligente”, na qual um de seus motes foi a promessa de redução de R$0,15 no custo da tarifa do transporte coletivo de Curitiba, junto com a volta da integração com a região metropolitana.

O atual prefeito da cidade, Gustavo Fruet, afirmou que não importa o candidato eleito, esse terá dificuldades em cumprir todas as promessas feitas durante a campanha.

Cobertura em tempo real

Estudantes de Jornalismo da PUCPR cobriram, neste domingo (30), o segundo turno das eleições em Curitiba. Os(as) alunos(as) estiveram distribuídos por toda a cidade, acompanhando a movimentação em locais de votação. As informações foram veiculadas em todos os veículos da Rede Comunicare, conjunto de veículos laboratoriais do curso; e também nos perfis de redes sociais: TwitterFacebook e Instagram. Houve boletins ao vivo na WebRádio Comunicare. Também háouve um trabalho em conjunto com o jornal e portal Bem Paraná.

Fechado para comentários.