Maringá e Ponta Grossa também têm segundo turno

Eleitores voltam às urnas para escolher prefeitos

Por Talita Souza / Fotos: AEN-PR

Além de Curitiba, outras duas cidades do Paraná têm disputa no segundo turno de hoje. Em Maringá, o embate é entre Silvio Barros (PP) e Ulisses Maia (PDT). Já em Ponta Grossa, Aliel Machado (Rede) tenta impedir que Marcelo Rangel (PPS) seja reeleito.

Ex-aliados, os candidatos no embate pela prefeitura de Maringá eliminaram o atual prefeito, Carlos Roberto Pupin (PMDB), da corrida pelo segundo mandato e disputam os votos dos eleitores maringaenses. No primeiro turno, a apuração, encerrada antes das 18h, registrou 39,69% dos votos válidos para Barros e 28,87% para Maia, o que representa uma diferença de mais de 21 mil votos entre os concorrentes.

Entre 2006 e 2010, o candidato pedetista foi chefe de gabinete do oponente do PP e se elegeu vereador pela sigla. Ele agora faz parte da coligação “Inovação e transparência”, que tenta impedir a volta de Barros, integrante da coalizão “Mudança que dá certo” e prefeito entre janeiro de 2005 e dezembro de 2012, para a prefeitura do município.

Em Ponta Grossa, que contou com 222.716 eleitores na votação do último dia 2, os candidatos vencedores do primeiro turno somaram 133 mil votos. Marcelo Rangel ficou próximo da reeleição, conquistando 47,68% dos votos válidos. Já Aliel Machado recebeu 49.611 votos e pode ser o prefeito mais jovem a ser eleito na cidade.

Fechado para comentários.