Paróquia São Francisco de Paula

4 – Paróquia São Francisco de Paula
O espaço que recebe hoje o nome Ruínas de São Francisco, em 1799, datavam uma pequena capela. Devido a problemas com a obra, a construção foi alterada para outro local, em 1949, onde se encontra hoje a Igreja São Francisco de Paula, na esquina das ruas Desembargador Motta e Saldanha Marinho. Um grande contraste entre os espaços comerciais ao lado.

Logo na fachada, temos a imagem de São Francisco, e colunas e arcos ovais.

O estilo da igreja é neoclássico. O neoclassicismo é o oposto do barroco e do rococó. Ao invés de uma arquitetura rebuscada, ela é simples, com formas geométricas e regulares. A exemplo o teto, composto de quadrados azuis, e as colunas alongadas, sem nenhum rebuscamento. As cores são trabalhadas no contraste do vermelho e do azul. O vermelho, no plano dos olhos, representa a vitalidade, a vida, o cotidiano, a essência humana. Quando nos voltamos para o teto, percebemos o azul, que lembra a ideia de tranquilidade e divindade.

O atual padre, Marcello Deluca, responsável pela restauração da Igreja, elevada em 1914 a condição de Paróquia, nos conta que apenas no ano passado foram terminadas a restauração dos vitrais “futuramente pretendemos restaurar a parte externa da igreja”.

Ela é conhecida como a igreja que nunca acabou. Saiba o porquê, clicando no vídeo abaixo.

Sequence 01

 << a quinta igreja | a terceira  igreja >>

 

 

Fechado para comentários.