Coritiba perde e pode terminar a rodada na zona de rebaixamento

Caso o Vasco vença sua partida nesta quinta (17), empurra o Coritiba para a zona da degola

Gilberto Stori Junior

Coritiba desperdiçou muitas chances na partida (Foto: Rodrigo Villalba/ Agência Estado)

Coritiba desperdiçou muitas chances na partida (Foto: Rodrigo Villalba/ Agência Estado)

O Coritiba tropeçou mais uma vez no campeonato brasileiro, desta vez foi diante da Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O alviverde paranaense bem que tentou, mas perdeu por 1 a 0 nesta quarta-feira (16), pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol de Uendel aos 29’ do 1º tempo determinou a segunda derrota consecutiva da equipe paranaense.

Com o resultado desfavorável a equipe coxa branca continua com 34 pontos na classificação, mas pode entrar na zona de rebaixamento ainda nesta rodada, caso o Vasco vença seu compromisso diante do Goiás nesta quinta-feira (17). Já a equipe de Campinas, com a vitória chega aos 29 pontos, porém continua na zona de rebaixamento.

O jogo

A partida era decisiva para as duas equipes, o Coritiba precisando da vitória para fugir da parte debaixo da tabela e a Ponte Preta tentando respirar no campeonato. A macaca tomou a iniciativa dentro de casa, tentando pressionar o Coxa já nos minutos iniciais. Aos 5’ Filipe Bastos cobrou falta da intermediária e exigiu que o goleiro Vanderlei trabalhasse para evitar o gol.

O alviverde paranaense só chegou a partir dos 19’ quando tomou o domínio da partida e teve três chances claras de gol, primeiro com Julio César de cabeça, depois com Geraldo que pegou de primeira na entrada da pequena área e o goleiro Roberto fez uma bela defesa e mais tarde, aos 26’ Alex recebeu na canhota e mandou para fora. O Coritiba bem que tentou, mas aquele ditado de “Quem não faz, leva” serviu muito bem, a Ponte que parecia inofensiva na partida acordou e aos 29’ o lateral Uendel se movimentou pela esquerda, invadiu a área e bateu cruzado para abrir o placar. Ponte Preta 1 a 0.

O Coritiba parou no bloqueio da macaca que segurou o resultado (Foto: Denny Cesare/ Agência Estado)

O Coritiba parou no bloqueio da macaca que segurou o resultado (Foto: Denny Cesare/ Agência Estado)

No segundo tempo a partida ficou morna, o Coritiba tentava chegar, mas não dava muito trabalho, já que a defesa da macaca estava bem postada em campo. O lance de mais perigo foi aos 5’ quando Junior Urso chutou e o goleiro Roberto espalmou fraco, a bola ia entrando, mas o zagueiro César tirou em cima da linha. A Ponte então se fechou e usou dos contra-ataques para tentar surpreender, enquanto o time paranaense corria atrás do empate, mas sem muito perigo. O jogo terminou com a vitória da macaca pelo placar mínimo, aumentando ainda mais a crise na equipe paranaense.

O próximo compromisso do verdão paranaense é no domingo (20), às 18h30, diante do líder Cruzeiro, no estádio Couto Pereira, em Curitiba pela 30ª rodada.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro – 29ª Rodada

Ponte Preta 1 X 0 Coritiba
Local: Moisés Lucarelli – Campinas – SP
Data: 16/10/2013
Horário: 21:00h

Arbitragem

Árbitro: Fabrício Neves Correa
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios e Katiuscia Berger Mendonça
Quarto Árbitro: José Claudio Rocha Filho

Escalações e dados do jogo

PONTE PRETA: Roberto, Régis, César, Diego Sacoman, Uendel, Baraka, Rildo, Felipe Bastos, Leonardo (Alef), Adrianinho (Fernando Bob) e Willian (Rafael Ratão)
Técnico: Jorginho

CORITIBA: Vanderlei, Gil, Leandro Almeida, Luccas Claro, Willian Farias, Junior Urso (Lincoln), Diogo, Robinho (Bill), Alex, Geraldo e Julio Cesar (Janio)
Técnico: Péricles Chamusca

Gols: Uendel (Ponte Preta), aos 29’ do 1º tempo.

CARTÕES AMARELOS: Robinho (Coritiba), Diogo (Coritiba), Rildo (Ponte Preta), Alef (Ponte Preta)

Público e Renda

Público pagante: Não divulgado.

Público Total: Não divulgado.

Renda: Não divulgado.

Equipe: Bruna Martins, Caroline Paulart e Gilberto Stori Junior

Fechado para comentários.