Éderson: autor do primeiro gol da partida
Foto: Assessoria Clube Atlético Paranaense
Furacão empata com Fluminense na Vila Capanema

Atlético Paranaense luta para se manter no G4 do campeonato brasileiro

Daniele Dalla Libera Alcoléa

Jogo da 20ª rodada do Brasileirão ocorreu no Estádio Durival de Britto (Vila Capanema), nesta quarta (11) às 19:30h. Com 35 pontos, o Atlético-PR se mantém entre os quatro primeiros, já o Tricolor luta para fugir do rebaixamento – com 23 pontos, ele se encontra na décima terceira posição. O empate de 1×1 não era esperado pelo Furacão, que mesmo tendo a posse de bola durante maior parte do tempo de jogo e mantendo o Fluminense no seu campo de defesa e pressionado, não conseguiu passar pelo bloqueio e as ótimas defesas de Diego Cavalieri.

Éderson: autor do primeiro gol da partida Foto: Assessoria Clube Atlético Paranaense

Éderson: autor do primeiro gol da partida
Foto: Assessoria Clube Atlético Paranaense

Primeiro tempo

O Fluminense chega perto de abrir o placar durante os primeiros 15 minutos, mas o Furacão vai para o ataque com Léo, que cruza para Éderson, camisa 77, artilheiro do campeonato e que faz seu 13º gol aos 16 minutos de jogo. Seguindo na partida, o Atlético domina o ataque. Com maior confronto corpo a corpo, os primeiros cartões amarelos começaram a aparecer.

Nos minutos finais, Léo, camisa 49, faz falta em Biro-Biro. A cobrança, feita por Rafael Sobis, camisa 23, marca o gol do Fluminense, aos 45 minutos de jogo.

Segundo tempo

O time da casa volta pressionando o Tricolor. Em uma saída antecipada do gol, Cavalieri sofre uma contusão, mas nada sério, e o jogo recomeça.  Fluminense tem pouca posse de bola. Depois de uma falta, Rhayner, atacante do Tricolor, fica no chão e é atendido, mas a partida logo retorna.

Paulo Baier é substituído por Dellatorre, que entra em campo sem a saída de Baier, violando as regras do jogo. O juiz, então, faz com que ele saia de campo e espere o apito do árbitro para voltar.

O jogo termina e, com o empate em casa, Atlético Paranaense perde dois pontos. Já o Fluminense conquista um ponto e sai animado com o resultado. Furacão agora pensa em corrigir os erros para enfrentar na 21ª rodada o líder Cruzeiro.

Ficha Técnica da Partida

Atlético-PR: Weverton; Léo, Manoel, Luiz Alberto e Zezinho (Maranhão); Bruno Silva (Felipe), João Paulo, Paulo Baier (Dellatorre) e Everton; Marcelo e Ederson
Técnico: Vagner Mancini

 

Fluminense: Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Anderson e Carlinhos; Edinho, William (Biro-Biro), Rafinha (Felipe) e Wagner; Rhayner e Rafael Sobis (Eduardo)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo.
Árbitro: Fabricio Neves Correa (RS)
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)
Cartões amarelos: Zezinho, Felipe e Léo (Atlético-PR); Rafinha e Felipe (Fluminense)

Público presente: 12.797 mil pessoas

Público pagante: 11.728 mil

Renda: R$147.910,00

 

Equipe: Alana Dombrowski Lima, Bruna Caroline Santos Cavalheiro

Fechado para comentários.